Em tempos de crise no Brasil, o que qualquer empresário deseja, nesse momento, é diminuir seus gastos e aumentar seus lucros. Com o posto de gasolina não é diferente: o gestor precisa de boas ideias para reduzir os custos.

Pensando nisso, reunimos algumas atitudes simples, mas que podem garantir bons resultados — cortando custos e garantindo lucratividade. Confira a seguir!

1. Faça uma revisão do orçamento

Reduzir custos de uma empresa não é uma tarefa fácil. A primeira coisa a ser feita deve ser uma análise detalhada do orçamento do seu negócio. Isso envolve uma avaliação das receitas e de todos os custos gerados com as operações efetuadas. Assim, o gestor saberá o que afeta e o que contribui para uma boa lucratividade.

2. Elimine os custos supérfluos do posto de gasolina

É muito importante saber avaliar o impacto que cada custo causa à empresa. Uma forma de fazer isso é determinar o que é supérfluo e pode ser eliminado — sem afetar a qualidade do serviço que você oferece — e o que deve ser mantido para garantir o bom funcionamento do seu negócio.

3. Incentive a colaboração dos funcionários

É essencial que qualquer empresa que deseja diminuir e cortar custos conte com o apoio e empenho dos seus colaboradores — no caso os funcionários do posto — já que a redução de custos beneficiará a eles indiretamente. Afinal, uma empresa financeiramente sadia garante a permanência e os benefícios dos seus funcionários.

Uma forma de fazer isso é estimulá-los a diminuir o consumo de tudo que signifique gastos, como água, papel, café, energia, copos descartáveis, entre outros — e solicitar a contribuição com ideias que venham a gerar mais economia à empresa.

4. Invista em tecnologia

Um investimento na automatização de alguns processos, principalmente na adoção de um sistema de gestão pela empresa, pode gerar bons lucros e diminuir custos. Isso reduz riscos de erros, agiliza os processos e torna as informações mais confiáveis.

5. Controle seu estoque

Um posto de gasolina não comercializa apenas combustível. Você vende óleos, lubrificantes, peças e acessórios variados. A maioria deles possuem prazo de validade e, por isso, é muito importante haver um controle rigoroso de estoque, para que parte dele não se transforme em prejuízo.

Essa gestão de estoque vai evitar que alguns produtos se percam, por conta da validade, e sejam desperdiçados. O ideal é comprar na medida e isso envolve controle de entrada e saída de produto.

6. Renegocie com seus fornecedores

Vale sempre a pena renegociar com fornecedores, pois, quando o objetivo é alcançado, ele tem um impacto fundamental na redução dos custos. Por isso, qualquer tentativa de renegociação é sempre válida, nem que seja uma nova forma nas condições de pagamento, evitando, assim, possíveis cobranças de juros, por exemplo.

Como você pode ver neste artigo, há formas de reduzir custos em um posto de gasolina sem precisar diminuir a quantidade de colaboradores, bem como o padrão de qualidade do serviço. Para isso, basta que o gestor busque boas ideias de melhorias que ajudem a promover essas reduções.

E você, o que vem fazendo para diminuir os gastos no seu posto de gasolina? Concorda com nossas dicas? Deixe um comentário!