Acompanhar o dinamismo do mercado é fundamental para as empresas terem sucesso e garantirem um bom desempenho. Afinal, não só o perfil do consumidor muda, mas também as estratégias para atendê-lo.

Nesse sentido, o relacionamento com os colaboradores e as expectativas sobre eles se transformam juntos, assim como as formas de gestão e as ferramentas utilizadas. Assim, os processos da empresa precisam se atualizar de acordo com as novas demandas e recursos que surgem.

Por isso, neste post, organizamos as principais tendências de mercado para você conhecer e não deixar sua empresa para trás. Ficou interessado? Confira!

1. Formar uma equipe diversificada

De fato, a diversidade de talentos é muito importante para a sua empresa. Isso porque uma corporação demanda o desempenho de várias tarefas diferentes, seja de administração, contato com cliente, serviços operacionais, atividades muito técnicas ou recursos humanos, por exemplo.

Dessa forma, na hora da contratação, selecionar o mesmo perfil de profissional não seria viável e poderia, inclusive, trazer muitos problemas para você.

Aliás, se todos fossem parecidos, só um tipo de tarefa seria desempenhado, enquanto as outras ficariam defasadas — além de haver a possibilidade de todos começarem a competir de forma desleal. Diante disso, uma tendência que vem ganhando muito espaço é o investimento em uma equipe diversificada.

Assim, você perceberá que a interação de mentes diferentes traz mais possibilidades de solucionar problemas e enfrentar desafios. E outra vantagem é que essa variedade contribui para a melhoria na maturidade dos profissionais, ajudando o time a trabalhar a tolerância, a compreensão do outro e o respeito às diferenças.

2. Incentivar a participação do colaborador

Cada vez mais, as corporações quebram aquela visão do colaborador como apenas alguém que está ali para obedecer a ordens. Na verdade, dar abertura para que o seu time participe dos processos é uma estratégia que reconhece o talento e os conhecimentos dos profissionais.

E essa dinâmica possibilita vários benefícios, como a riqueza de perspectivas, a corresponsabilização, a motivação, o engajamento e o sentimento do trabalhador de estar sendo valorizado.

Assim, as lideranças entram nesse processo com um papel de auxílio, orientação e mediação, mas as decisões e discussões passam a envolver todos. Isso possibilita mais diversidade de ideias e um vínculo mais forte dos colaboradores com a empresa e com seus colegas.

3. Inserir novas tecnologias para otimizar os processos da empresa

As inovações tecnológicas vêm ganhando cada vez mais espaço nas organizações. Na produção, há diversos maquinários inovadores, por exemplo.

Já na gestão, estão os softwares para gerenciar pessoas, ferramentas para relacionamento com clientes, programas informatizados de gestão de vendas e estoque, e meios de contato pelos smartphones e tablets — além do marketing digital, que também vem se tornando cada vez mais popular.

A tendência de agregar tecnologias traz muitas vantagens para sua empresa, gerando mais praticidade, segurança e qualidade nas tarefas de trabalho. Portanto, procure instruir sua equipe sobre o uso dos novos recursos, para que eles aproveitem os benefícios dos novos métodos e as falhas sejam minimizadas.

4. Ofertar benefícios personalizados

A tendência de oferecer benefícios personalizados vem ganhando cada vez mais força, a partir do momento em que as organizações perceberam que os colaboradores possuem necessidades diferentes.

Alguns se beneficiam mais com um plano de saúde, outros podem ser mais bem atendidos com incentivos para a graduação ou academias. Seja como for, cada membro do time tem contextos de vida muito diferentes.

Assim, poder optar pelo benefício que é mais vantajoso para si pode motivar muito os colaboradores. Além de oferecer ganhos para o profissional, a medida estimula a autonomia e a liberdade de escolha.

Além disso, os benefícios personalizados também são uma forma de valorizar o colaborador, e mostram que ele é a pessoa mais capaz de escolher aquilo que é melhor para sua qualidade de vida.

5. Oferecer cestas básicas

Vale ressaltar que a tendência de disponibilizar cesta básica para os colaboradores é mais do que conceder um benefício — é um investimento na saúde do profissional.

Dessa forma, o colaborador e sua família ficam amparados com os alimentos mais substanciais da dieta, podendo direcionar os recursos que seriam usados na sua compra para o consumo de outros produtos. Ou até mesmo para fazer uma economia.

Com certeza, isso possibilita mais tranquilidade e bem-estar para o colaborador, que tem mais condições de oferecer qualidade de vida para sua família. Além disso, a cesta básica auxilia na manutenção de uma alimentação adequada, o que também contribui para menos adoecimentos e mais atenção e disposição no trabalho.

Ainda, a legislação também garante incentivos fiscais para as corporações que fornecem o benefício. Ou seja, tanto você quanto o colaborador têm vantagens nesse processo.

6. Investir em remuneração variável

A tendência a investir na remuneração variável segue o princípio de recompensar o mérito do profissional.

Basicamente, essa remuneração é composta de uma parte fixa — o salário — que considera mais as competências do profissional, e a parte variável — que busca recompensar a boa performance do colaborador.

Portanto, implantar essa estratégia na empresa leva a mais motivação e engajamento do profissional, porque ele sabe que seus esforços vão ter um retorno. Além disso, a remuneração variável também é uma forma de reconhecimento — e isso mobiliza muito o profissional a trabalhar mais e com mais qualidade, não é mesmo?

De fato, as mudanças no mercado exigem que os gestores repensem o negócio diariamente. Os processos da empresa não podem ficar congelados, ou a corporação acaba se estagnando.

Portanto, as últimas tendências da gestão envolvem formar equipes diversificadas e estimular a participação de todos, o que leva a mais valorização do profissional e à melhoria da capacidade de enfrentar desafios.

Além disso, o bem-estar do profissional e da sua família trazem mais motivação para o trabalhador e o estimula a ser mais produtivo. Daí a importância de oferecer benefícios flexíveis e cesta básica, que garantem melhores condições de vida para os colaboradores.

Por fim, como vimos, a remuneração complementar baseada no mérito também é uma grande tendência atual, que tem mostrado resultados ao incentivar o time a produzir mais e com mais qualidade.

E então, gostou de conhecer essas principais tendências que não podem faltar nos processos da empresa? Compartilhe a sua opinião com a gente nos comentários!