Somos abraçados pela arte de treinar desde a infância. Por exemplo, para aprendermos a andar de bicicleta, foi preciso receber treinamento de alguém, mas todo o esforço, tanto nosso como do instrutor, valeu muito a pena. De modo similar, para que uma empresa seja bem-sucedida, é necessário que ela promova o treinamento de equipe.

Se você é um gestor de RH, com certeza reconhece que, para chegar ao cargo que ocupa, foi preciso receber muito treinamento.

Sendo assim, como você pode dar à sua equipe a oportunidade de evoluir na empresa por meio de um programa de treinamento? Quais medidas você precisa adotar? E quais serão os benefícios desse processo de aprendizagem? Confira algumas dicas a seguir!

Defina o objetivo do treinamento de equipe

O primeiro item para você desenvolver um programa de aprendizagem eficaz é definir seu objetivo. Por quê? É por meio desse alvo que todo o treinamento será direcionado.

Por exemplo, a finalidade da capacitação é motivar os colaboradores a ser mais produtivos? Ou talvez, qualificar os trabalhadores para ser mais peritos nas suas tarefas? A intenção da empresa é apresentar para sua equipe uma nova ferramenta virtual que será implantada nos processos de rotina? Quem sabe, internalizar a cultura de inovação?

As respostas dadas a essas perguntas irão desenhar o tipo de treinamento que será adotado. E esse será o próximo passo.

Adote a forma adequada de capacitação

Os métodos de treinamento são bem variados e com certeza um deles será apropriado para o objetivo da sua empresa. Ao contrário do que alguns gestores pensam, não é necessário gastar uma fortuna nesse processo.

Um modo eficaz de instruir os colaboradores é por meio de palestras que agreguem conhecimento ao seu desenvolvimento profissional. Para isso, pode ser convidado um trabalhador experiente da própria empresa.

Outra forma de educar é incentivar a realização de cursos que aperfeiçoem as habilidades da equipe. Para tanto, existem cursos on-line gratuitos e também escolas técnicas que disponibilizam aulas de graça para capacitar trabalhadores.

Além disso, promover encontros profissionais dentro da companhia e convidar empresas parceiras para o evento é uma ótima maneira de estimular a troca de conhecimentos.

Um exemplo é a empresa Locaweb, que anualmente realiza o RubyConf Brasil — um evento voltado para o aprendizado e atualização de profissionais do ramo em que atuam. Uma ótima forma de treinamento, não acha?

Essa foi uma das práticas que levaram a Locaweb ao cobiçado ranking da GPTW — Great Place To Work —, que lista as melhores empresas para trabalhar. Talvez sua instituição não possua um orçamento para fazer um grande evento como o citado, então promova um encontro mais simples.

Já pensou em como as feiras empresariais na área de atuação da sua empresa podem ajudar no desenvolvimento dos seus colaboradores? Ao inscrever sua companhia nesses eventos, você proporcionará à sua equipe uma profunda imersão no mundo corporativo e estimulará sua aprendizagem.

Selecione o conteúdo do treinamento

Qual será a temática do programa de ensino? Novamente, o objetivo do treinamento de equipe é que vai nortear essa escolha. Por exemplo, se a sua meta é motivar seus colaboradores a ser mais produtivos, todas as matérias apresentadas serão nessa direção.

A partir disso, o conteúdo motivador será desenvolvido de acordo com as necessidades da sua equipe. Nesse ponto, é fundamental que o gestor faça uma pesquisa detalhada sobre os seus colaboradores.

Por meio de um questionário ou uma reunião, pergunte aos trabalhadores sobre os desafios que estão enfrentando, como encaram a gestão da empresa, que tipo de melhorias na instituição os ajudaria a ser mais felizes no trabalho, etc.

Essa fonte rica de informações tornará o programa de aprendizagem mais personalizado, de modo que apresentará soluções para os problemas que empacam o aumento da produtividade na instituição.

Outro fator que exige atenção é: tornar o treinamento de equipe atraente. Para isso, tente equilibrar a parte teórica com a prática. Além disso, mostre para os colaboradores que esse programa vai beneficiá-los.

O gestor poderá estimular sua equipe a querer alcançar excelentes resultados por meio de exemplos bem-sucedidos do mundo corporativo. Ao exibir os frutos que essas companhias produziram, ressalte que seus trabalhadores também foram recompensados.

Acompanhe o desenvolvimento

Durante a trajetória da aprendizagem, é fundamental que o gestor acompanhe o desenvolvimento dos aprendizes. Dessa forma, ele poderá fazer ajustes no programa de treinamento de equipe caso perceba que não está tendo o resultado desejado.

E também, a contínua inspeção do processo poderá ajudar o gestor a motivar os trabalhadores que estão se saindo bem. Por exemplo, por meio da avaliação de desempenho do colaborador, o gestor vai oferecer feedbacks valiosos para o seu progresso.

Algo muito importante que influencia o desempenho dos colaboradores da empresa e afeta diretamente seu rendimento no programa de treinamento é a alimentação. Sendo assim, incentive os participantes do processo de aprendizagem e todos os colaboradores a adotar uma dieta balanceada.

Como uma boa alimentação garante um balanço energético positivo, o gestor deve não apenas garantir que sua equipe se alimente corretamente, mas também exigir que o treinamento tenha obrigatoriamente pausas para uma refeição.

Dessa maneira, seus colaboradores vão atingir melhores resultados nas avaliações feitas pela alta administração, e seu programa de treinamento de equipe alcançará o objetivo.

Estabeleça a cultura do treinamento

O que você deve fazer após o término de um ciclo de treinamento? Analise os resultados, certifique-se de que os colaboradores irão aplicar o que aprenderam e pense na próxima etapa de capacitação.

Sendo assim, não permita que todo o investimento feito no programa de treinamento de equipe se perca no tempo. É importante que os gestores da companhia se reúnam e analisem todo o processo de aprendizagem, para melhorar algumas deficiências apresentadas.

Além disso, converse com os colaboradores que participaram do treinamento e pergunte sobre o que acharam do processo e o que acreditam que pode ser melhorado. Acompanhe por meio de avaliações o impacto do programa nas demandas da empresa.

E, por fim, comece a projetar o próximo ciclo de capacitação para que a cultura do treinamento passe a fazer parte da rotina da instituição. Dessa forma, sua empresa vai se destacar no mundo corporativo, e você terá uma equipe mais motivada e produtiva.

O que achou do nosso artigo? Entendeu como promover um treinamento de equipe? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário!