Uma boa gestão em posto de combustível depende de alguns fatores que determinam o sucesso da empresa. Se você montou uma boa estratégia e não está conseguindo seus objetivos, pode ser que esteja cometendo alguns erros que comprometam bons resultados.

Sendo assim, o artigo vai lhe dar uma lista dos 6 erros mais comuns e que podem detonar a gestão do seu negócio. Confira!

1. Deixar de agendar os pagamentos

Na gestão em posto de combustível, é muito importante estar atento às datas certas de pagamentos para evitar multas e juros, que geram mais gastos para a empresa.

Para total controle, procure fazer os lançamentos com base em documentos consistentes — como recibos e contas —, que comprovem o gasto, lançando todas as informações relevantes, como fornecedor, data de pagamento, valor etc. Registre cada operação realizada.

Outro cuidado a ser tomado para evitar gastos desnecessários é em relação a processos trabalhistas. Por isso, pague os funcionários na data correta e evite problemas.

2. Não possuir um contador

O gestor vai administrar o posto de combustível e será indispensável que ele contrate um contador — já que são muitas as contas e obrigações trabalhistas e tributárias. Um profissional especializado saberá lidar melhor com essas questões.

Além de auxiliar o gestor nesse processo de cálculos de impostos, o contador é muito útil na criação de reservas de capital — necessárias em alguns momentos, como no pagamento de direitos trabalhistas.

3. Não controlar o estoque

O controle do estoque é também uma das formas do gestor economizar, pois antecipar períodos de compras de acordo com o preço oferecido pelo fornecedor pode ser uma boa forma de conceder descontos em compras de maior volume.

Por isso, o gestor deve ficar atento ao estoque — se inteirando de todas as entradas e saídas — para antecipar algumas compras que signifiquem investimento para o negócio e evitar, dessa forma, que falte algum produto importante do estoque.

4. Não ter controle sobre os documentos da empresa

Manter organizados todos os documentos de sua empresa facilita (e muito) o trabalho do contador, pois se ele precisar fazer qualquer consulta, terá o documento a seu dispor. Além disso, essa é uma das formas de evitar problemas com a Receita Federal.

5. Não treinar a equipe

Fazer um treinamento da equipe periodicamente produz um grande impacto nos resultados do negócio. Afinal, no posto de combustível são vendidos produtos e serviços e um bom atendimento é essencial para a fidelização da clientela.

O bom atendimento é o que certamente fará seu cliente voltar, já que o produto poderá ser encontrado em qualquer outro local.

6. Não dar muita importância às parcerias

Um posto de combustível pode ser bandeirado — o que significa ter um combustível exclusivo de uma distribuidora específica, como BR, Shell, Ipiranga, entre outras. Isso pode ser vantajoso para o posto em relação a descontos. No entanto, existe a condição da exclusividade, que é a exigência de comprar apenas da distribuidora o combustível e insumos.

Se o gestor escolher ser bandeira branca, ele não terá parceria com nenhuma distribuidora, ficando livre para comprar de qualquer outra que lhe oferecer as melhores condições. Essa é uma questão importante para o sucesso do seu posto de combustível. Analise bem para fazer a melhor opção!

Evite esses erros na gestão em posto de combustível e obtenha sucesso! Quer ficar por dentro de outro assunto de grande relevância para o seu negócio? Então conheça tudo que você precisa saber sobre cesta básica para empresas!