O salário não é o único fator que motiva um colaborador a permanecer na empresa. O programa de benefícios tem uma alta taxa de retenção de talentos, e para a empresa, é menos custoso do que aumentar salários.

A rotatividade de colaboradores é um problema enfrentado por milhares de empresas, reduzindo a qualificação e a capacidade de produção, pois, quando o funcionário está no auge da sua capacidade de produção, migra para outra empresa ou mesmo para concorrentes.

Se a sua empresa está enfrentando esse mesmo problema, o programa de benefícios pode ser a solução que estava faltando para reter talentos e manter a produção em alta. Neste post, selecionamos algumas informações importantes sobre o assunto. Confira!

Taxa de turnover e os prejuízos para a empresa

Taxa de turnover é a expressão técnica relacionada à taxa de rotatividade de colaboradores. Perder bons funcionários é prejudicial para a organização da empresa, que precisa contratar um novo colaborador para exercer aquela função. Para isso, ele deve ser treinado, obter experiência e se habituar ao ambiente de trabalho — e isso leva tempo.

A alta taxa de rotatividade é tão prejudicial que o turnover é visto como um indicador de saúde organizacional.

Como o programa de benefícios retém talentos

Programas de benefícios são incentivos aos colaboradores e tendem a ser mais efetivos do que o aumento de salário, pois são vistos como “bônus” pela empresa, demonstrando a valorização e, por muitas vezes, um diferencial frente aos concorrentes.

Além disso, esses benefícios são isentos de descontos, diferentemente do salário, que sofre incidência de contribuição previdenciária, FGTS e imposto de renda.

Um programa de benefícios realmente útil ao colaborador pode ser suficiente para retê-lo na empresa e aumentar a motivação sem qualquer aumento de salário. Como exemplos, podemos citar o vale alimentação, o plano de carreira, o auxílio-creche, o vale transporte, prêmios por atingir metas, plano de saúde, cesta básica, plano odontológico, descontos em produtos da empresa, café da manhã e almoço na empresa, entre outros.

O motivo para a satisfação e a alta taxa de retenção de colaboradores por meio do programa de benefícios é evidente. Esses benefícios são capazes de reduzir a necessidade de “desembolsar” valores do salário para determinadas finalidades, aumentando o poder aquisitivo do colaborador e deixando-o satisfeito com a empresa em que trabalha.

Coloque no papel o custo que o aumento de salário ou a promoção vai representar para a empresa, juntamente com um percentual de 0 a 100% de satisfação do colaborador com o aumento de salário.

Agora, faça o mesmo, mas utilizando um programa de benefícios, até chegar à mesma proporção de percentual, e então, compare qual é mais atrativo para a empresa.

Benefícios estimulam a mudança de comportamento e o interesse do colaborador

Programas de benefícios focados no merecimento e na motivação produzem mudanças de comportamento positivas nos colaboradores, mas, para que isso aconteça, eles têm que ser atualizados frequentemente, e a comunicação entre empregadores e funcionários deve ser clara.

Colaboradores talentosos tendem a ter objetivos profissionais estabelecidos, e uma promoção é capaz de mantê-los engajados e focados em crescer cada vez mais na empresa, conquistando melhores salários e aproveitando os benefícios.

Programas de benefícios que ajudam a reter talentos

benefícios que têm se mostrado boas opções para reter talentos na empresa, sendo vistos como vantagens diferenciadas e agregadoras pelos colaboradores.

Podemos citar como exemplo o plano de aposentadoria privada cumulativa ao regime geral de previdência social, que tem sido implementado por muitas empresas e apresenta bons resultados.

Outro benefício com boa margem de retenção de talentos está diretamente ligado à alimentação. As reclamações com o custo de mercado são frequentes, e fornecer cestas básicas aos colaboradores pode ser uma ótima opção.

Abaixo, listamos as opções de programas de relacionamentos que ajudam a reter talentos com melhores taxas de resultados:

  • Cesta básica ou cartão alimentação;

  • Plano de saúde e odontológico;

  • Vale transporte;

  • Auxílio-creche e escolar;

  • Auxílio moradia;

  • Vale combustível;

  • Pagamento de previdência privada;

  • Descontos na empresa e em conveniadas;

  • Auxílio medicamento;

  • Telefone celular.

Vale lembrar que é importante observar o objetivo dos benefícios concedidos: são para reter clientes ou para estimular o aumento da produtividade?

Dicas para reter talentos na sua empresa

Assim como o programa de benefícios permite reter talentos na sua empresa, observar algumas dicas pode ajudar no processo.

1. Esteja atento e escute os funcionários

A atenção aos funcionários demonstra que a empresa se importa com suas opiniões e com seus problemas, proporcionando mais satisfação e um ambiente harmônico.

É muito comum os talentos saírem da empresa não exatamente em virtude do salário, mas por não serem compreendidos. Sendo assim, estar atento à opinião dos seus colaboradores pode melhorar a taxa de retenção.

2. Reveja os valores recebidos

Em alguns casos, o funcionário pode estar desvalorizado frente à remuneração da sua categoria, e isso pode abrir espaço para a concorrência conquistá-lo.

Reveja os valores recebidos pelos seus colaboradores, observando os salários pagos pelos concorrentes e o piso salarial regional da categoria.

3. Crie um bom ambiente de trabalho

Lanches, comemorações, momentos de pausa para coffee break e conversas fazem com que o ambiente de trabalho seja mais agradável. Isso, por consequência, influencia no humor dos colaboradores e faz com que eles se sintam à vontade no trabalho.

4. Qualifique seus profissionais e forneça expectativa de crescimento

Qualificar os profissionais e fornecer expectativa de crescimento os mantém engajados e interessados em melhorar cada vez mais. A falta de capacitação ou possibilidade de crescimento é desmotivadora, e isso aumenta a vontade de deixar a empresa e buscar um novo ambiente de trabalho.

5. Seja uma empresa inovadora

Talentos procuram trabalhar em empresas inovadoras, que estejam à frente do mercado. Dessa forma, procure inovar em todos os aspectos possíveis da sua empresa.

6. Amplie as oportunidades

Demonstre que colaboradores esforçados e atuantes na empresa têm mais oportunidades de crescimento. Portanto, dê preferência aos colaboradores que já estão na empresa no lugar de contratar novos funcionários.

Certamente existem dezenas de profissionais na sua empresa que precisam apenas de uma oportunidade para demonstrar serem verdadeiros talentos e acrescentarem no negócio.

Ao realizar os cursos de qualificação, observe atentamente cada funcionário, potencial e onde poderia ser alocado para crescer na empresa e desempenhar sua função.

Gostou das nossas dicas sobre o programa de benefícios? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário!

Flávia nazaroPublicado Por:
Flávia Nazaro –  Gestora Recursos Humanos