A preocupação das pessoas com a alimentação está cada vez maior — e isso se deve a uma busca constante pela saúde. Essa preocupação inclui acrescentar à rotina diária hábitos saudáveis, como a prática de atividade física e uma alimentação equilibrada.

Por isso, dicas de alimentação são sempre bem-vindas. Dentre elas, saber escolher os alimentos que devem fazer parte da cesta básica é essencial para a manutenção da saúde uma rigorosa escolha de alimentos nutritivos e saudáveis.

E você, saberia dizer quais alimentos não devem constar na cesta básica? Confira, a seguir, alguns desses vilões!

Refrigerante

O refrigerante é uma bebida que possui, entre seus ingredientes, corantes, conservantes e outras substâncias químicas, que podem provocar uma série de problemas alérgicos e respiratórios. Ele conta também com muito açúcar e, por isso, facilita o ganho de peso e o surgimento de algumas doenças, como o diabetes.

Outro componente presente no refrigerante, que vale a pena ressaltar, pois em excesso faz muito mal à saúde, é o sódio. Ele favorece a retenção de líquidos, levando ao aumento de peso e a outros problemas de saúde, como a hipertensão arterial.

As versões menos calóricas do refrigerante, light e zero, não ficam atrás, pois além dos mesmos componentes, com exceção do açúcar, elas contam com adoçantes artificiais, que são também extremamente nocivos à saúde.

Batata frita

Não tem quem não goste de batata frita. As crianças, então, nem se fala! Mas ela deve, sim, ser eliminada do cardápio. O principal motivo é pelo fato de ser fritura, e alimentos preparados dessa forma contam com uma grande quantidade de gordura saturada — aquela que faz muito mal às artérias e ao coração.

Embutidos

Salames, salsichas, presuntos, entre outros, são, sem dúvida, uma delícia. O problema é que são preparados de forma a garantir uma maior durabilidade aos produtos. Por isso, entre seus ingredientes são encontrados uma grande quantidade de gordura e sal, considerados vilões da boa alimentação.

Sorvete

O sorvete, apesar de ser um alimento aparentemente inofensivo, conta com altos níveis de gordura trans e açúcar. Possui também, entre os seus ingredientes, corantes, saborizantes e conservantes — responsáveis por provocar, em algumas pessoas, reações alérgicas, irritação estomacal e dificuldades respiratórias. É também um alimento muito calórico, que contribui para o aumento de peso.

Pizza congelada

A pizza é um alimento muito saboroso e quando preparada de forma caseira pode até ser saudável, dependendo dos ingredientes utilizados. O problema, porém, são as pizzas congeladas, comercializadas em supermercados, que são consideradas vilãs da alimentação.

Elas são preparadas com condicionadores de massa artificiais e conservantes, que são prejudiciais à saúde, por agregarem substâncias químicas e muitas calorias ao preparo.

Biscoito recheado

Alimento comum na rotina de muitas crianças, o biscoito recheado é extremamente prejudicial à saúde e não deve fazer parte da alimentação dos pequenos. Possui grandes quantidades de gordura trans, o que aumenta o colesterol ruim (LDL), além do açúcar em excesso, que leva ao aumento de peso e ao surgimento de algumas doenças.

Chocolate branco

O chocolate branco é bem diferente do preto. Muitos nem o consideram chocolate, pois na sua composição ele não contém massa de cacau. Conta apenas com a manteiga de cacau, que o torna um alimento bem mais calórico, por se tratar de gordura pura. Uma das dicas de alimentação, que os “chocólatras” vão amar, é substituir o chocolate branco pelo preto amargo, que em pequenas quantidades faz bem à saúde!

Evitar alguns alimentos prejudiciais à saúde é uma das dicas de alimentação muito fáceis de serem seguidas. E você, conhece outros alimentos que poderíamos acrescentar na lista? Colabore com a gente e dê sua opinião nos comentários!

Publicado Por:
Vinicius Dias – Marketing Digital