Cultura organizacional é o conjunto de valores, crenças, rituais e normas adotadas por uma empresa. Ou seja, é a cultura organizacional que define a forma de as pessoas se comportarem dentro da organização, assim como a maneira de se relacionar com os clientes e stakeholders (acionistas, investidores e afins).

Assim, podemos dizer que a cultura organizacional rege o funcionamento de uma empresa, apontando o que é apropriado para o ambiente e o que é inapropriado. Logo, ela é como se fosse a identidade da organização.

Ficou interessado no assunto? Então vamos falar um pouco mais sobre isso. Confira!

O que compõe uma cultura organizacional?

A cultura organizacional é composta por três elementos distintos. Os artefatos, os valores compartilhados e os pressupostos.

Os artefatos

Artefatos são coisas concretas, todos podem vê-los. Eles são os produtos, serviços e padrões que expressam, visual e auditivamente, como é a cultura organizacional da empresa. Alguns exemplos de artefatos são os símbolos, a tecnologia, os objetos decorativos, os rituais, as cerimônias etc.

Os valores compartilhados

Valores compartilhados são os valores que fazem parte da organização e que as pessoas consideram como importantes. Eles são, em sua base, o que justifica o fato de os trabalhos serem feitos como são feitos.

Um dos valores da Cesta Nobre, por exemplo, é garantir a qualidade nos produtos. Isso significa que esse valor é o suficiente para justificar todo o trabalho de seleção e degustação de produtos, que é feito constantemente.

Os pressupostos

Pressupostos são crenças inconscientes que regem uma organização. Eles são os valores, percepções e sentimentos compartilhados que, por meio de resultados positivos, repetiram-se e foram aceitos, aumentando sua frequência de ocorrer.

Pode-se pensar, por exemplo, que a linguagem utilizada com o cliente é um pressuposto. Ela foi sendo moldada e quanto mais aceita, mais se repetia. E assim foi até chegar no modelo atual.

Porque uma cultura organizacional forte é importante para a sua empresa?

Como podemos ver acima, uma cultura organizacional define, basicamente, tudo que ocorre e como ocorre dentro da empresa. Ela é responsável, inclusive, por justificar o trabalho da suas equipes.

A cultura determinará, por exemplo, se os colaboradores trabalharão orientados pelo próprio salário ou pela satisfação do cliente.

Assim, podemos dizer que uma cultura eficiente transforma o ambiente de trabalho, aumenta a produtividade — se este for um dos valores — e facilita para os funcionários entenderem as políticas da empresa — se os colaboradores respeitam e agem de acordo com o que é proposto, fica fácil de um novo funcionário também se adequar às regras, logo, ao grupo.

Como descobrir qual a sua cultura organizacional?

Descobrir qual é sua cultura organizacional é uma tarefa bem complicada. Em alguns casos será necessária a ajuda de um consultor, uma visão de fora da organização que possa ver as coisas do zero.

Lembra que algumas partes da cultura organizacional são inconscientes? Por serem assim, fica difícil classificá-las, já que parece algo normal de ser feito e não uma especificidade da sua empresa.

Mas pode ficar tranquilo, nós vamos te dar uma sugestão interessante: o blog Runrun.it criou um teste para que qualquer pessoa possa descobrir qual é a cultura organizacional de sua empresa.

Aprendeu? Então: mãos à obra

Com isso, podemos pensar que uma cultura organizacional é o que fundamenta uma empresa. É ela que vai definir o sucesso, ou o fracasso, do negócio a longo prazo. Sem bases bem estabelecidas e deixando a coisa fluir naturalmente, nem sempre o caminho que a empresa vai é o melhor.

Assim, agora que você já sabe o que é, como funciona e como descobrir a sua cultura organizacional, que tal arregaçar as mangas e começar fortalecê-la? Talvez seja isso que falte para o seu negócio deslanchar!

E aí, entendeu porque é importante ter uma cultura organizacional forte? Então assine nosso newsletter e seja avisado quando produzirmos mais conteúdos assim!

Renato XavierPublicado Por:
Renato Xavier- Diretor de Operações e Marketing