?>
Gestão de Negócios

A importância de um serviço de entrega de cesta básica eficiente

Tempo de leitura estimado: 5 min.

Basta ligar a televisão ou abrir um portal na internet para se deparar com notícias que envolvem a qualidade dos alimentos e seus respectivos preços. Em meio a um sobe e desce, muitos brasileiros deixam de se alimentar bem. Nesse sentido, as empresas podem colaborar por meio de um bom serviço de entrega de cesta básica.

Esse benefício é um dos mais admirados pelos funcionários, pois demonstra a preocupação da empresa com a alimentação deles e de suas famílias. No entanto, para que seja algo realmente positivo, você precisa escolher um parceiro que garanta a entrega da cesta para cada um dos seus colaboradores.

Diante dos diversos fornecedores existentes no mercado, é preciso saber avaliar todas as vantagens oferecidas pelas empresas. Ficou interessado? Continue a leitura e veja como é importante contratar um serviço eficiente de entrega de cesta básica. Acompanhe!

Como funciona a entrega de cesta básica?

A ideia das cestas básicas não é exatamente uma novidade. Desde o estabelecimento do salário-mínimo e das leis trabalhistas no início do século XX, também foi criada uma lista de produtos básicos para a população que deveria ser oferecida aos trabalhadores, além da remuneração mensal.

Desde então, a entrega de cesta básica se modernizou, passando a ser um serviço de primeira linha, que envolve uma logística bem-feita. Acima de tudo, cada vez mais se procura oferecer alimentos de qualidade e com garantia de procedência.

As empresas perceberam o potencial das cestas como vantagem para os seus funcionários e a importância de oferecê-las. E os trabalhadores passaram a valorizar esse tipo de benefício, tido como um diferencial em relação a outros mais tradicionais, agregando maior valor aos seus salários.

No entanto, com a complexidade exigida para a entrega, que envolve desde a separação e a embalagem até a logística, esse tipo de serviço passou a ser terceirizado. Assim, algumas empresas se especializaram, tornando-se fornecedoras para outras organizações.

A terceirização da entrega de cesta básica se tornou uma opção interessante para as empresas que desejam contar com um serviço de qualidade e não querem ou não podem se dedicar a esse trabalho. As cestas podem ser entregues com rapidez, segurança e comodidade na casa de cada trabalhador, por um custo bem acessível aos empregadores.

Mas, para isso, é necessário contar com bons fornecedores, com credibilidade no mercado. Pois a percepção positiva do serviço depende de diversos fatores, que envolvem não só o custo, mas também a rapidez na entrega.

Qual a importância desse serviço para a empresa e os colaboradores?

A entrega de cesta básica é benéfica para o empregador por ser mais barato e prático distribuir aos funcionários. O custo é bem mais baixo, em comparação com outros benefícios tradicionais, como plano de saúde. Além disso, não precisa ser pago antecipadamente, o que favorece a gestão financeira e a previsão de pagamentos.

Ele também recebe isenções fiscais e outras vantagens, tendo em vista que as cestas estão incluídas no Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), regulamentado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

As cestas básicas também têm a vantagem de poder ser personalizadas de acordo com o perfil da empresa e dos trabalhadores. O empregador pode adequar a escolha dos produtos à sua capacidade de pagamento, e o colaborador pode escolher de acordo com suas necessidades.

Para os colaboradores, a entrega de cesta básica é uma maneira de adquirir produtos essenciais e de qualidade, que teriam um custo bem maior se fossem comprados por eles. Podem ter uma alimentação mais adequada e saudável, com a grande vantagem de a entrega ser feita diretamente em casa, de maneira cômoda e prática.

Dessa forma, eles se sentem mais motivados, pois entendem que a empresa se preocupa com o bem-estar deles. Isso porque recebem um benefício diferenciado, que agrega mais qualidade de vida.

O resultado é uma rotatividade menor, uma vez que funcionários motivados e mais satisfeitos deixam bem menos suas empresas. O empregador pode estreitar os laços com seus colaboradores, que passam a ter uma noção de pertencimento à organização.

Como escolher um serviço de entrega eficiente?

Agora que você já viu como funciona e qual a importância da entrega de cesta básica, pode estar se perguntando como pode escolher um fornecedor mais eficiente, não é mesmo? Bom, diante de algumas opções existentes no mercado, é preciso avaliar cada empresa com muito cuidado. A seguir, veja o que é preciso analisar ao contratar esse serviço terceirizado.

Lembre-se de que os funcionários contam com esse benefício

A empresa que oferece a cesta básica como parte do seu pacote de benefícios demonstra preocupação com a saúde dos seus funcionários. Alguns alimentos que estão na cesta são essenciais para as refeições deles e de suas famílias. Portanto, lembre-se de que essas pessoas estão contando com o benefício.

Somente um serviço eficiente de entrega de cesta básica garante que o benefício não chegará com atraso nas residências dos funcionários. Do contrário, se não for eficiente, o serviço pode colocar a perder a confiança que seus colaboradores depositam na sua empresa.

Certifique-se da credibilidade do fornecedor

Para garantir que o serviço de entrega desse benefício é de fato eficiente, faça um levantamento de todas as informações referentes ao fornecedor. Garanta que a propaganda que ele faz é reflexo da realidade. Então, não tenha medo de solicitar dados, informações, referências e o que mais for preciso para se certificar da credibilidade da empresa.

Da mesma forma que você e a sua equipe avaliam os candidatos à vaga de emprego, é desse jeito que a seleção de um fornecedor deve acontecer. É preciso verificar todas as informações com cuidado, inclusive os documentos referentes ao funcionamento do negócio.

Avalie o tempo de experiência que ele tem

Esse é um aspecto muito importante para garantir o cumprimento do serviço de entrega de cesta básica, afinal, o fornecedor precisa ter know-how. Uma empresa mais jovem, por exemplo, pode ter funcionários menos experientes e processos que ainda não estão consolidados, dificultando a execução dos prazos solicitados.

Apesar de o tempo de experiência não determinar se o serviço é bom ou não, esse é um fator que contribui muito com a sua análise na busca por um parceiro de negócios.

Confira se a entrega de cesta básica é em domicílio

Nem sempre os pacotes que são oferecidos pelos fornecedores de cesta básica têm a garantia de que o benefício será entregue na residência de cada colaborador. Faça um levantamento dos bairros onde eles moram para checar com a empresa se as áreas são atendidas ou não.

Tenha em mente que, para o funcionário, é um tanto complicado sair cansado da empresa com uma caixa pesada e dentro de um transporte lento e lotado. Facilite!

Converse com os outros clientes do fornecedor de cesta básica

Lembra-se das informações que citamos no tópico sobre credibilidade? Aproveite os contatos dos clientes que o fornecedor passou para conversar abertamente com eles. Demonstre o interesse de fechar contrato com o parceiro em questão e peça uma avaliação sincera de todos os pontos importantes a respeito do serviço.

Se possível, converse, inclusive, com os colaboradores da empresa que tenham recebido as cestas básicas. Dessa forma, você pode ter uma visão sobre como foi a experiência com o fornecedor do outro lado da entrega.

Analise a qualidade na comunicação com o fornecedor

Desconfie de qualquer troca de informações equivocadas, pois o seu fornecedor pode estar tentando acobertar algum problema, antes e depois da negociação. A verdade é que uma comunicação eficaz depende de muita transparência.

Do mesmo modo, após a contratação, é fundamental que haja uma boa troca de informações, com canais de comunicação sempre abertos. Afinal, qualquer parceria precisa de confiança para poder dar certo.

Verifique se o custo corresponde à qualidade dos produtos e do serviço

Não só na entrega de cesta básica, como também na escolha de outros fornecedores, é muito importante saber equilibrar preço e qualidade. Um serviço mais barato pode acabar não valendo a pena por ser muito inferior, resultando em gastos desnecessários e na insatisfação dos colaboradores.

Da mesma forma, é bom ficar de olho, pois nem sempre o mais barato é o pior e o mais caro é o melhor. Ou seja, é preciso saber comparar bem todas as vantagens e a qualidade dos produtos com os preços cobrados.

Monitore a qualidade do fornecimento

Mesmo depois de fechar a parceria, seu trabalho não terminou. Não dá para deixar tudo na mão do fornecedor e apenas se preocupar com os pagamentos. É preciso monitorar constantemente se o fornecimento está feito de maneira adequada, dentro dos prazos estipulados.

Não se esqueça de verificar também se a qualidade das cestas e dos produtos está de acordo com o combinado em contrato. Para tanto, sempre que possível, consulte seus colaboradores sobre como o produto tem chegado até eles.

Se necessário, faça pesquisas de satisfação com seus funcionários regularmente. Receber feedbacks deles é muito importante para saber se o seu investimento tem o retorno esperado e se eles estão felizes com o serviço. Afinal, eles são os principais beneficiados com as cestas básicas.

Enfim, é fundamental garantir que o serviço de entrega de cesta básica seja cumprido com eficiência, pois essa é uma questão que envolve a satisfação dos seus funcionários e um valor de investimento. Portanto, conheça bem seus fornecedores, uma vez que esse é um serviço diferenciado que pode contribuir para aumentar a motivação dos seus colaboradores. Pense nisso!

Gostou de saber sobre a importância da entrega de cesta básica? Quer entender melhor como implementar no seu negócio? Então, entre em contato conosco agora mesmo! Conheça a nossa operação e seja o nosso parceiro!

Renato XavierPublicado Por:

Renato Xavier- Diretor de Operações e Marketing

Compartilhe:
escrito por
Renato Xavier
Diretor de Operações e Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O papel do RH na pandemia do coronavírus

Baixe o Ebook Não, obrigado