?>
Aprendizado

Benefícios corporativos: como aumentar a eficiência desse setor?

Tempo de leitura estimado: 5 min.

Dentro do setor de RH é comum ter divisões e subdivisões para administrar diferentes assuntos e atividades do dia a dia na empresa. Um destas tarefas é a de gerenciar os benefícios corporativos dos colaboradores, este subsetor necessita de investimento em pessoas, tecnologia e estar sempre atualizando os valores e os benefícios oferecidos.

Porém, dependendo do tamanho da empresa, este subsetor pode consumir recursos e colaboradores que poderiam estar desenvolvendo outras atividades. Apesar de ser um ponto muito importante para todos os beneficiados, esta gestão pode ser facilmente terceirizada, liberando as pessoas e os recursos para outros setores e subsetores.

Estas empresas que fornecem os benefícios também podem oferecer sistemas que auxiliam o setor de RH no gerenciamento de dados e dos beneficiados. Assim é possível que uma pessoa seja responsável por conferir os dados, permanecer em contato com o fornecedor e ainda consegue desenvolver outras tarefas em áreas diferentes.

Muito interessante não é mesmo? Então não saia daí e confira mais dicas sobre benefícios corporativos para a sua empresa e seus colaboradores! Boa leitura!

Entender os benefícios

Primeiramente vamos entender melhor o que são os benefícios corporativos: são incentivos que a empresa oferece aos colaboradores para motivar e melhorar os resultados. Eles podem ser entregues em forma de dinheiro, vales, convênios ou descontos em lojas, cinemas, farmácias e restaurantes.

Os benefícios mais comuns são: vale-alimentação, vale-refeição, cesta básica, plano de saúde, plano odontológico, participação dos lucros da empresa, dentre outros. A gestão pode inovar e apostar em outros incentivos, sem que seja necessário gastar dinheiro com os benefícios, ela pode, por exemplo, flexibilizar os horários no serviço.

Definir a politica de benefícios

Muitos profissionais preferem empresas que possuem melhores benefícios do que as que oferecem um salário um pouco maior. Isso ocorre pois este tipo de incentivo é visto como indicadores de qualidade de vida pelas pessoas e demonstra que a empresa se preocupa com o bem estar do colaborador e investem para melhorar o comportamento organizacional.

Por isso é importante definir quais são as politicas de benefícios adotadas no ambiente de trabalho, quais os percentuais que incidem sobre o salário bruto do colaborador e o valor que é disponibilizado de cada um. As regras de utilização dos benefícios deve ser clara e muito bem explicada para evitar desconfortos futuros.

Utilizar softwares especializados

A empresa pode investir em tecnologia e em softwares especializados para auxiliar o subsetor de RH responsável a gerir os benefícios. Com eles é possível atualizar de maneira constante o quadro de colaboradores, o tipo de benefício que cada um recebe, endereço de entrega de cesta básica, restrições alimentares caso exista e muito mais!

Outro benefício de contar com bons softwares de gestão de benefícios é a possibilidade de automatizar as informações e otimizar os processos. Quando um colaborador entra de férias ou é desligado da empresa, o sistema suspende alguns benefícios de maneira automática, sem a necessidade de outra pessoa fazer isso manualmente.

Fazer treinamentos constantes

Para que a equipe de RH consiga realizar uma gestão dos benefícios corporativos de maneira eficiente, a empresa precisa investir em treinamentos, palestras e cursos para estas pessoas. O treinamento tem como objetivo ensinar aos colaboradores as melhores técnicas e ações a serem aplicadas na gestão dos benefícios corporativos.

Os cursos e palestras trazem novidades, outras perspectivas e orientam a como resolver determinados problemas e desafios dentro do setor. Quando se investe na formação profissional do colaborador, a empresa consegue atingir melhores resultados com a mesma equipe e no mesmo período de tempo.

Priorizar o uso de cartões de benefícios

Uma empresa pode optar por repassar os benefícios em forma de bônus do salário bruto do colaborador ou fornecer o valor em formato de cartão. A primeira opção não é muito recomenda, pois a pessoa pode utilizar o benefício de maneira indevida em outros produtos ou serviços diferentes do que foi proposto originalmente.

O cartão de benefícios por outro lado, só é aceito nos estabelecimentos que oferecem o tipo de serviço específico do cartão. Desta maneira o colaborador não pode usar o vale-refeição por exemplo, para comprar materiais esportivos, ou o vale-cultura para comprar bebidas alcoólicas ou outros produtos não listados no contrato.

Realizar parcerias com bons fornecedores de benefícios

A parceria com bons fornecedores de benefícios é outra alternativa da empresa para tornar a equipe de RH mais eficiente. Terceirizar o serviço faz com que todas as etapas da implantação e manutenção dos benefícios seja gerenciada por um equipe especializada e treinada especialmente para isso, possibilitando o melhor aproveitamento dos recursos no RH.

Uma das principais vantagens de optar pela terceirização é a redução de custos, pois todos os encargos trabalhistas da equipe é responsabilidade da empresa contratada. Assim é possível priorizar e direcionar os investimentos em áreas mais críticas, melhorar a relação entre os parceiros comerciais e expandir os negócios.

A empresa precisa fazer pesquisas periódicas para entender melhor como os colaboradores reagem aos benefícios, se estão gostando e usufruindo dos incentivos e quais apresentam melhores resultados. Esta é uma maneira de evitar que a gestão invista em benefícios pouco atrativos para sua equipe, personalizando as opções e os serviços oferecidos.

Alguns tipos de benefícios corporativos, como a cesta básica, exigem do time de RH um pouco mais de atenção. Elas necessitam de uma logística eficaz e precisa para entregar as cestas nas residências dos colaboradores ou na própria sede da empresa, para a gestão deste tipo de benefício é indicado contar com a ajuda de uma empresa de benefícios especializada.

A Cesta Nobre é um dos melhores exemplos que podemos citar, pois oferecem todo o suporte para a empresa contratante, conta com profissionais especializados e treinados, além das diversas opções de pacotes e serviços oferecidos de benefícios corporativos. É uma empresa que está há anos no mercado e com a experiência de trabalhar com grandes empresas e demandas.

Gostou de saber como aumentar a eficiência do setor de benefícios corporativos na empresa? Gostaria de saber mais sobre como a parceria com fornecedores de benefícios pode ajudar a melhorar os seus resultados? Então, entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos serviços!

Compartilhe:
escrito por
Cesta Nobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Guia dos principais benefícios para oferecer para funcionários

Baixe o Ebook Não, obrigado