?>
Gestão de Pessoas

6 dicas para montar uma carteira de benefícios atrativa na empresa

Tempo de leitura estimado: 5 min.

Ter uma boa carteira de benefícios é a melhor forma de atrair talentos e retê-los em sua empresa. Isso porque, hoje, os funcionários querem mais que o salário: buscam benefícios que melhorem a sua vida e de seus familiares.

A carteira de benefícios é um tipo de gestão de vantagens que a empresa oferece aos profissionais que fazem parte do seu quadro de funcionários. Quanto melhores os benefícios, maiores as chances de os colaboradores vestirem a camisa da corporação, o que a fará prosperar!

Quer saber como montar uma boa carteira de benefícios? Fique conosco!

Importância de uma carteira de benefícios eficiente para sua empresa

Apresentando uma carteira de benefício eficiente, você assegura que sua empresa tenha um ambiente sadio. Isso motiva seus colaboradores a alcançar melhores resultados e faz com que desejem integrar o quadro de funcionários.

Conceder benefícios é a fórmula de sucesso para empresas que querem crescer, pois promove o bem-estar de seus profissionais, enquanto oferece apoio durante o desenvolvimento das tarefas diárias.

Funcionário feliz é mais produtivo e engajado com seu time. Assim, tende a trabalhar para o crescimento da sua empresa e aumentar seus lucros. Lembre-se de que os trabalhadores buscam satisfação e qualidade de vida, com redução do estresse e aumento do respeito nos relacionamentos hierárquicos.

Veja 6 dicas para montar uma boa carteira de benefícios

Você precisa criar um pacote de benefícios, dando atenção àqueles que a legislação brasileira trata como obrigatórios, e concedendo outros que proporcionem boas vantagens ao colaborador, que sejam atraentes e fatores motivacionais para o trabalho. A seguir, observe 6 dicas para montar uma carteira de benefícios atrativa e fazer sua gestão de modo eficiente!

1. Entenda o perfil dos colaboradores

Conhecer seus colaboradores é essencial para saber em que função cada um deve atuar. Por isso, você deve investir em compreender o perfil dos funcionários. Esse é o primeiro passo para montar uma carteira de beneficios atrativa!

Perfil do colaborador é uma análise que avalia personalidade, habilidades e características dos profissionais da organização. Por meio de testes e exercícios, o setor de Recursos Humanos (RH) descobre o que o funcionário espera da empresa e sabe exatamente como agradá-lo.

Você deve suprir as suas necessidades básicas, como alimentação, transporte e descanso remunerado, mas só isso não basta! Observe seu colaborador, entreviste-o e saiba quais vantagens ele deseja, para que você não invista em benefícios que ninguém vai usar.

2. Identifique as necessidades

O que seu funcionário precisa? Quais suas necessidades, anseios e objetivos profissionais e pessoais? Somente respondendo essas questões você pode criar um plano de benefícios personalizado a sua empresa.

Para identificar as necessidades dos colaboradores, faça pesquisas internas, converse com as equipes e analise os dados recolhidos com soluções tecnológicas, que farão uma análise certeira.

Alinhe os objetivos do seu time e de sua empresa. A partir disso, trace uma estratégia de recompensa, mais acertada e que agrade seus funcionários de verdade, por conceder vantagens que eles precisam.

3. Saiba quais os benefícios mais priorizados

Agora que você já sabe o que seus colaboradores esperam, é hora de realizar um planejamento para descobrir quais benefícios podem ser implantados em sua organização. Você precisa ter consciência de que pode investir apenas valores disponíveis no seu orçamento.

Tenha os pés no chão e não sacrifique seu equilíbrio financeiro. Dessa forma, caso tenha um pequeno valor disponível em seu caixa, escolha quais benefícios podem ser priorizados e devem compor sua carteia.

Há benefícios que são de baixo custo para empresa, mas primordiais aos colaboradores. Dentre eles, invista em:

  • cestas básicas;
  • descontos em produtos e serviços;
  • flexibilização de horários;
  • uma sexta-feira de folga no mês;
  • reconhecimento público.

Quando for escolher uma vantagem, opte por aquela que interesse mais o funcionário e que não tenha condicionantes. Sempre que possível, dê a ele liberdade de decidir como e quando vai usar sua recompensa.

4. Mantenha uma política clara

Uma política só fica clara quando há uma comunicação interna eficiente, pois são evitados mal-entendidos e ruídos. Assim, a diretriz para alcançar os benefícios fica clara, com todos os colaboradores cientes dos requisitos a serem cumpridos.

Tendo uma carteira de benefícios, você precisa fazer sua ampla divulgação, por meio de reuniões com equipes, envio de e-mails informativos e apresentação geral aos funcionários. É importante que todos conheçam as regras da política de recompensas.

Explique quais tipos de benefícios serão oferecidos pela empresa, em que hipóteses vão ser concedidos e quando o funcionário poderá desfrutá-los. Quanto mais clara a política, maior a confiança do colaborador em seus gestores.

5. Use os benefícios a favor de sua empresa

Utilize os benefícios para atrair candidatos qualificados e reter talentos em sua corporação. Os colaboradores procuram por qualidade de vida, possibilidade de crescimento e flexibilidade do trabalho, a fim de possuir recursos para investir em seu sucesso.

O desenvolvimento de uma boa carteira de benefícios demonstra a importância que a empresa dá aos seus funcionários, até porque essas vantagens influenciam a cultura organizacional, deixando o clima interno mais receptivo e agradável para se trabalhar.

6. Conte com uma plataforma especializada

Uma plataforma especializada vai ajudar a gerenciar sua carteira de benefícios. Ela pode facilitar suas pesquisas junto aos colaboradores, descobrindo quais seus interesses e como agradá-los.

Para garantir sua comodidade e segurança, contrate uma empresa terceirizada, que tenha expertise no assunto e garanta que a implantação dos benefícios aconteça da maneira correta. Logo, as informações estarão concentradas em apenas um sistema, permitindo maior controle do RH.

A grande vantagem da terceirização é a economia de tempo, de pessoas e de gastos com análise e controle manual, o que pode ser realocado em atividades que aperfeiçoam os processos e levem a empresa a crescer.

Portanto, é fato que a carteira de benefícios melhora a motivação dos funcionários, tornando-os satisfeitos e engajados para trabalhar em prol do crescimento da empresa. Assim como é importante implantar recompensas, também se deve solicitar o feedback dos trabalhadores, para saber se os resultados dessa carteira estão sendo eficientes. Por isso, trabalhe a comunicação interna e o relacionamento entre gestores e empregados.

Gostou do nosso post? Siga-nos no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube para acompanhar nossas postagens!

Compartilhe:
escrito por
Luciana Xavier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Guia dos principais benefícios para oferecer para funcionários

Baixe o Ebook Não, obrigado