?>
Gestão de Pessoas

Como definir um fit cultural em uma empresa? Veja aqui!

Tempo de leitura estimado: 5 min.

Fit cultural, uma adaptação do termo em inglês “cultural fit”, significa ajuste à cultura. No contexto do mundo dos Recursos Humanos, esse conceito se refere à cultura organizacional de uma empresa e aos valores de um candidato à vaga de emprego.

Assim, é possível entender o fit cultural como o alinhamento que precisa existir entre o candidato e à empresa na qual ele pretende trabalhar. A afinidade entre os dois é um fator determinante no sucesso da contratação.

Para entender melhor como a cultura organizacional de uma empresa é definida e como identificar o perfil do candidato, continue lendo este artigo. A seguir, vamos tirar as suas principais dúvidas sobre esse assunto. Confira!

Quais são as características do fit cultural de uma empresa?

Essa é uma questão bastante subjetiva. Afinal, toda empresa tem características próprias. Algumas são mais formais; outras, mais liberais. Algumas têm horários rígidos, enquanto outras são mais flexíveis. Esses aspectos — que, muitas vezes, sequer são verbalizados — compõem o fit cultural de uma empresa. De modo geral, pode-se dizer que são questões comportamentais e culturais que variam de uma organização para outra.

Como é formada a cultura de uma empresa?

Ao compreender a cultura organizacional como um conjunto de hábitos, crenças, valores e linguagem, entre outros aspectos, já dá para perceber que ela não nasce de um dia para o outro. Inclusive, muitas empresas nem mesmo têm essa cultura definida, apesar de estarem no mercado há algum tempo.

Normalmente, a cultura organizacional é um reflexo do que pensam os indivíduos mais influentes da empresa, desde os fundadores até os profissionais com cargos mais elevados. São eles que estabelecem quais são as metas da corporação e qual o caminho a ser percorrido para alcançá-las.

Logo, essas pessoas definem quais comportamentos e valores são aceitáveis dentro do ambiente corporativo. Isso acaba por ditar as regras, ou seja, a cultura organizacional à qual todos os novos membros da equipe precisam se adaptar, se quiserem fazer parte dela.

Além da influência dos líderes da companhia, para que essa cultura se estabeleça é imprescindível que eles guiem os colaboradores rumo a esse objetivo. Uma maneira de fazer isso é deixando claro, quais são os princípios que norteiam a organização. Somente assim a empresa conseguirá uma cultura organizacional forte e bem definida.

Qual é a importância do fit cultural para o processo de recrutamento?

Uma etapa fundamental do processo de recrutamento e seleção é a definição do perfil do candidato que a empresa espera contratar. Sem isso, o sucesso de todo o processo pode ser comprometido. É preciso entender, no entanto, que esse perfil não deve se limitar apenas à formação acadêmica e às experiências profissionais. Não basta que o candidato tenha os conhecimentos técnicos para exercer a função, ele também precisa se encaixar na cultura da empresa.

É nesse ponto que o fit cultural faz toda a diferença. Com a definição clara e precisa desse aspecto, o processo de recrutamento é otimizado, pois os profissionais de Recursos Humanos sabem exatamente quais são as características do candidato que estão procurando. Contudo, essa definição só terá utilidade se esses profissionais também souberem como identificar o fit cultural dos candidatos. Para isso, algumas estratégias podem ser adotadas. Conheça algumas delas nos tópicos seguintes.

Testes e entrevistas comportamentais

Aplicar questionários para avaliar os padrões de comportamento dos candidatos é uma maneira de filtrar aqueles que podem atender ao perfil desejado pela empresa. Esse, porém, é apenas um filtro inicial. Após os testes, o ideal é realizar entrevistas durante as quais o recrutador vai, a partir de questionamentos sobre situações reais, avaliar quais são os valores do candidato.

Dinâmicas de grupo

As dinâmicas são simulações de obstáculos comuns no cotidiano profissional, de modo que o recrutador analisará a postura dos candidatos diante das situações. Por serem realizadas em grupo, também é possível observar as habilidades de trabalhar em equipe, assim como o potencial de liderança e outras características.

Avaliação do histórico de trabalho

O passado profissional do candidato é uma importante indicação do seu fit cultural. Por isso, deve-se observar o perfil das empresas onde ele já trabalhou e qual é o grau de semelhança delas com a sua organização. Além disso, o desempenho dele nessas empresas é uma importante indicação de como será o seu desempenho no próximo emprego.

Quais são os benefícios de definir o fit cultural?

Uma vez que a análise do fit cultural tenha sido feita desde o processo de recrutamento e seleção, a empresa certamente vai sentir vários benefícios. A seguir, apresentaremos os principais.

Redução do turnover

O turnover — que é a rotatividade de colaboradores — é um problema que resulta, entre outros motivos, da contratação de pessoal não alinhado com o perfil da empresa. Por outro lado, quando a companhia leva em conta o fit cultural dos candidatos, a chance de contratar funcionários realmente adequados para as vagas é muito maior. Consequentemente, esses trabalhadores se adaptam à cultura da empresa e aos colegas sem grandes dificuldades.

Aumento da produtividade

Ter uma boa adaptação ao ambiente de trabalho é essencial para que os funcionários se sintam satisfeitos com a ocupação. Quando isso acontece, a tendência é que eles se dediquem com afinco às suas tarefas, o que leva a um aumento de produtividade. Se a equipe inteira compartilhar o mesmo sentimento, a empresa terá um crescimento significativo graças à dedicação dos seus colaboradores.

Retenção de talentos

A satisfação pessoal de cada funcionário é, também, um fator decisivo na retenção de talentos. Afinal, se ele se identifica com a empresa, não há por que deixá-la. Esse é um benefício que está ligado à redução do turnover e, ainda, à diminuição dos gastos com o processo de recrutamento e seleção.

A partir de todas essas informações, conclui-se que o fit cultural do candidato é um aspecto que não pode ser deixado de lado na hora da contratação. Do mesmo modo, a cultura organizacional da empresa precisa ser definida para que seja possível conhecer os objetivos da companhia e, assim, identificar candidatos que correspondam às suas necessidades.

Este conteúdo foi útil para você? Não vá embora sem ler também o nosso artigo sobre os desafios do RH na era da transformação digital!

Luciana XavierPublicado Por:
Luciana Xavier
Diretora Financeira

Compartilhe:
escrito por
Luciana Xavier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O papel do RH na pandemia do coronavírus

Baixe o Ebook Não, obrigado