?>
Gestão de Negócios

Aprenda como fazer o cálculo da duração da cesta básica dos colaboradores

Tempo de leitura estimado: 5 min.

Para alcançar a produtividade na empresa, os gestores estão investindo cada vez mais em novos métodos administrativos, além do implemento de tecnologias no campo produtivo. No entanto, essas medidas só são válidas e efetivas se o seu time de colaboradores estiver motivado a trabalhar com rendimento máximo.

Muitas empresas têm investido no fornecimento de benefícios para ajudar nessa questão e valorizar a equipe. Nesse caso, dentre os recursos mais comuns, temos as famosas cestas básicas, que cumprem a finalidade de auxiliar, principalmente, os funcionários que têm família para sustentar em casa.

Tendo em vista que os custos com alimentação são uma das principais despesas de um indivíduo, elas vêm como um auxílio bastante útil. Mas é preciso que os gestores, antes de fornecer esse benefício, saibam como calcular a duração da cesta básica.

Sabendo disso, preparamos um artigo completo sobre o tema. Acompanhe!

Qual a importância de realizar o cálculo?

Primeiramente, é fundamental salientarmos a importância de realizar o cálculo correto da cesta básica. Isso porque, tendo em vista que esse recurso é considerado essencial para o sustento dos colaboradores, precisará ser mensurado de modo a durar pelo menos um mês, já que é o momento em que a próxima cesta estará pronta para ser entregue.

Se a equipe responsável por fazer a organização dos itens não realizar bom planejamento, pode acabar prejudicando o abastecimento das famílias que contam com as cestas. Por isso, é fundamental entender como realizar o cálculo correto de duração da cesta básica.

Como calcular a duração da cesta básica?

Não é tão difícil calcular os itens de uma cesta básica. No entanto, para que esse recurso cumpra com sua função, é necessário considerar alguns pontos. Veja, agora, quais são eles!

Modelo de cesta básica

O primeiro ponto que deve ser considerado diz respeito ao modelo de cesta que será utilizado. Para isso, você deve analisar qual o perfil do trabalhador que se beneficiará dela. Com isso, é possível definir o tamanho da cesta e os principais itens que serão utilizados.

Quantidade de alimentos por mês

Assim como deve ser avaliado o modelo da cesta, é preciso também definir a quantidade, para que possa durar pelo período de um mês. Nesse caso, é fundamental realizar uma pesquisa, buscando saber o número dos integrantes da casa a qual faz parte o funcionário. Isso porque, dependendo do quantidade de membros que o colaborador sustenta, será preciso modificar o volume da cesta, principalmente, de itens como arroz e feijão.

Condição da empresa

Por fim, é preciso também saber como está a disponibilidade de recursos da empresa para destinar ao investimento em cestas básicas. Ao ter em mente o capital que poderá ser implementado nesse benefício, você poderá escolher quais os tipos de produtos e a quantidade ideal para cada situação.

Você viu as principais informações para calcular a duração das cestas básicas para seus colaboradores. Vale ressaltar que é essencial que o benefício dure pelo menos um mês, sendo necessário dar atenção ao volume de itens e à quantidade de pessoas que serão atendidas com o recurso. 

Gostou do artigo? Então, confira também nosso post sobre como montar uma cesta básica!

Compartilhe:
escrito por
Renato Xavier
Diretor de Operações e Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Guia dos principais benefícios para oferecer para funcionários

Baixe o Ebook Não, obrigado