?>
Gestão

Entenda como fazer gestão de cargos e salários de forma otimizada

Tempo de leitura estimado: 5 min.

Qualquer empresa que deseja atingir bons resultados com a ajuda dos seus colaboradores precisa oferecer a eles uma remuneração justa. Para tanto, é muito importante fazer uma adequada gestão de cargos e salários.

Alguns gestores até podem argumentar que preferem confiar na sua preferência e intuição. Entretanto, ter um plano é fundamental para evitar erros e garantir o equilíbrio dentro da equipe, além de buscar atender suas necessidades e potencializar a autorrealização dos funcionários.

Interessado no assunto? Neste post, apresentamos algumas dicas para fazer a gestão de cargos e salários na sua empresa. Continue a leitura e saiba mais!

O que é uma gestão de cargos e salários?

Consiste numa descrição detalhada de cada função de trabalho dentro da empresa e qual salário será pago a ela. Da mesma forma, no plano de cargos e salários, também podem constar os planos de carreira e, até mesmo, a hierarquia interna da organização.

Além disso, essa gestão permite a administração de cargos e salários, conforme sua relevância para a empresa, descrição, responsabilidades que serão atribuídas, bem como estipulações de normas que precisam ser seguidas. Ela é importante para nortear os trabalhos do setor de Recursos Humanos (RH) e garantir a isonomia de remuneração para colaboradores que desempenham a mesma função. No geral, serve para:

  • ajudar no processo de contratação de novos colaboradores;
  • contribuir para o planejamento das finanças da empresa;
  • apresentar a cada funcionário o que a organização espera dele no desempenho da função;
  • garantir o entendimento dos direitos e deveres de todos os colaboradores;
  • melhorar a retenção de colaboradores;
  • dar suporte ao RH na montagem da folha de pagamento;
  • estimular a competitividade da empresa no mercado;
  • aumentar a produtividade e o engajamento dos colaboradores;
  • proporcionar transparência nos requisitos para progressão de carreira;
  • criar um sentimento de pertencimento e satisfação aos colaboradores.

De que forma pode ser feita a gestão de cargos e salários de forma otimizada?

A maior dúvida das empresas, ao optar por realizar a gestão de cargos e salários, é como implantá-la, até porque, se começar errado é impossível que sua aplicação tenha bons frutos. Por isso, é importante conhecer as etapas a serem seguidas. Veja quais são!

Análise e avaliação dos cargos

O primeiro passo para a administração de cargos e salários é fazer uma estrutura dos cargos, olhando para a própria necessidade da empresa. Após isso, é possível analisar os cargos, para estudá-los e observar como eles podem otimizar os processos de produção. Esse é o momento de pensar nas competências de cada função e como as carreiras serão desenvolvidas.

Assim como a análise, a avaliação dos cargos é primordial, pois vai encaixar cada um na hierarquia, de acordo com sua relevância e piso salarial do mercado de trabalho. Tal avaliação pode utilizar algum método que permita a escolha das funções, conforme a necessidade da empresa, como o escalonamento e os graus determinados.

Pesquisa salarial

É a metodologia que identifica a competitividade dos salários ofertados pela empresa, se comparados aos oferecidos no mercado. Quanto mais atrativa a remuneração, mais fácil será atrair talentos para suas equipes. Organizações inteligentes têm usado essa etapa, de forma estratégica, apresentando dados que refletem a realidade do mercado em que negocia. Assim, ganhará notoriedade e vai se destacar de seus concorrentes.

Política salarial

Essa etapa é responsável pela gestão dos salários e o sistema de remunerações, estipulando regras para progressão, atualização salarial, reclassificação e salário para admissões. Por isso, a política salarial é essencial, já que pode facilitar (ou dificultar) a retenção de talentos na empresa. Ter uma política salarial é interessante para as corporações, principalmente, por se destacar no mercado e se tornar o desejo de todos os colaboradores.

Qual a importância dela para a empresa?

Para entender a importância da gestão de cargos e salários, basta se colocar no lugar de alguém que acaba de ser contratado. Dessa maneira, logo que você entra na empresa, o seu gestor apresenta um documento com todas as características da sua função, quais tarefas deve realizar no dia a dia e os resultados que deve mostrar.

Além disso, também é possível ver quais são as funções de cada subordinado — quando é o caso — e, principalmente, do cargo acima do seu. Assim, dá para saber o que é necessário para ser promovido e como a empresa espera que você se desenvolva.

Dessa forma, para a empresa, a gestão de cargos e salários é uma maneira de alinhar as expectativas dos colaboradores aos objetivos da organização. Também é um instrumento importante para o planejamento financeiro e estratégico, bem como para a atuação do RH.

Como fazer a gestão de cargos e salários?

Para montar um plano de cargos e salários, o primeiro passo é reunir todos os gestores para a consolidação das funções já existentes em cada setor e qual o perfil desejado para elas. Depois, é hora de estabelecer para cada cargo os seguintes parâmetros.

Faixa de salário

É o valor mínimo e máximo que pode ser pago para um profissional que ocupar aquela função. Para isso, é preciso verificar convenções sindicais, pisos salariais da categoria e fazer uma boa pesquisa de mercado.

Responsabilidades

São os deveres e principais atividades a serem desempenhadas pelo profissional no seu dia a dia dentro da empresa. Para uma copeira, por exemplo, podem ser colocadas obrigações como fazer e servir café, recolher copos, repor água etc.

Perfil técnico

Devem ser incluídas todas as habilidades técnicas, além das ferramentas que o funcionário deve ter para exercer a devida função. Por exemplo, é o caso de colocar a formação, domínio de pacote Office, nível de inglês etc.

Perfil comportamental

São características subjetivas — derivadas do comportamento e da personalidade — necessárias para o desempenho de um cargo. É o caso da capacidade de análise, liderança, comunicabilidade etc.

Como a tecnologia pode auxiliar no mapeamento das funções e planejamento das remunerações?

A tecnologia vem facilitando a vida das empresas, por ajudar no mapeamento das funções e planejamento das remunerações, apresentando métodos mais adequados ao mercado e necessidades dos diferentes perfis de colaboradores. Pelos meios tecnológicos, a corporação consegue avaliar suas próprias exigências e estabelecer quais são as responsabilidades que cada cargo precisa ter, baseando-se em sua posição na hierarquia e na estrutura de carreira.

Ademais, a tecnologia define o valor das remunerações, sem erros, e auxilia o RH no acompanhamento das atualizações salariais. Por fim, é fato que a administração de cargos e salários é essencial para o crescimento das empresas. Com um plano em mãos, é importante destacar que essa gestão pode contribuir bastante para o desenvolvimento dos colaboradores da empresa.

Ao saber o que esperar para o futuro, eles podem se sentir engajados a crescer e almejar novas posições na organização. Contudo, as corporações precisam acompanhar e monitorar todos os processos, de forma constante, para se manterem sempre alinhadas ao plano de carreira que estabeleceu.

Agora, queremos saber de você! Gostou dessas dicas de como fazer a gestão de cargos e salários? Então siga-nos no Facebook, Instagram e Linkedin.

Compartilhe:
escrito por
Renato Xavier
Diretor de Operações e Marketing

5 respostas para “Entenda como fazer gestão de cargos e salários de forma otimizada”

  1. Bom Dia,

    Muito bom o artigo.
    Sugiro à Redação que busque esclarecer sobre a Análise de Cargos e Salários, pois a maioria das matérias informa que é aplicado um questionários e outras técnicas. No entanto, não esclarece que após a coleta de dados, o analista irá se debruças sobre esses dados e elaborar a Análise de Cargos e Salários e organiza em formulários específicos, com finalidade específica também e que NÃO é Descrição de Cargos, é ANÁLISE DE CARGOS E SALÁRIOS.
    Ajudaria muito quem atua em RH.
    Muito Obrigada.
    Abraço a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Guia dos principais benefícios para oferecer para funcionários

Baixe o Ebook Não, obrigado