?>
Gestão de Negócios

4 dicas de inovação em pequenas empresas

Tempo de leitura estimado: 5 min.

A inovação em pequenas empresas tem sido cada vez mais discutida hoje em dia, pois inovar é a chave do sucesso, tornando-se o ingrediente fundamental para que a organização seja competitiva no mercado. Assim, o negócio adquire uma perspectiva futura.

Diante disso, é necessário ressaltar que inovação não é invenção, mas sim um investimento em tecnologias e em novas ideias. Logo, perante a importância do tema, fizemos esse post, com 4 dicas para ajudá-lo em sua pequena empresa. Fique conosco para saber mais!

1. Diminuição de custos com redução de desperdícios

Deve-se pensar em ideias que poupem dinheiro sem atrapalhar o devido andamento das tarefas da empresa. Logo, os cortes não podem impedir a qualidade e o desempenho dos produtos e serviços.

Por essa razão, o empreendedor ou o setor responsável deve evitar desperdiçar seus recursos, pondo fim ao uso de recursos supérfluos a produção. Para isso, recomenda-se:

  • aquisição ou aluguel compartilhado de serviços e equipamentos;
  • rodízio de fornecedores;
  • realização de compras de cada setor de uma vez só;
  • reutilização de água;
  • instalação de sensores de presença em locais pouco frequentados, para economizar luz.

2. Adoção de indicadores para adequar o grau de qualidade de um produto ou serviço

indicadores de qualidade garantem a qualidade do serviço ou produto ofertado pela pequena empresa. Baseado em um sistema de gestão de qualidade, esses indicadores permitem que seja criado um padrão nas atividades realizadas pela empresa, com o objetivo de melhora contínua.

Podem-se adotar indicadores de eficiência, eficácia, atendimento ou efetividade, para monitorar os resultados de suas vendas, auxiliar nas tomadas de decisão e ajudar na identificação de pontos que precisam ser alterados. Contudo, a implantação desses indicadores deve ser condicionada aos objetivos que a empresa possuam, bem como à satisfação de todos os clientes.

3. Investimento em software, hardware e telecomunicações

A inovação pode ocorrer por meio do investimento em softwares ou hardwares que facilitam o andamento dos métodos de produção. Assim, pequenas empresas podem adquirir softwares que gerem e controlam seus gastos. Esses apresentam novos modos e técnicas revolucionando os processos gerenciais e operacionais da empresa.

Outra boa implantação é a transferência de dados para uma nuvem, economizando com o gasto com TI. É necessário usar bons computadores ou maquinários modernos e tecnológicos, a fim de simplificar a produção de produtos e serviços.

Ainda, deve-se se atentar a telecomunicação, que pode ser feita por meio de aplicativos de mensagens, e-mails ou sistemas de comunicação internas próprios de cada empresa.

4. Inovação no modelo de negócio

É fato que existe a necessidade de inovar o modelo do negócio em geral. Dessa forma, a maneira que o produto ou serviço é ofertado no mercado é alterada. Isso não quer dizer que mudanças no processo de produção, porém, muda-se a sua apresentação. É clara a mudança que acontece na relação empresa-cliente, aumentando-se a visibilidade no mercado.

Portanto, é notória que a inovação em pequenas empresas somente traz benefícios e vantagens. Entre elas, cita-se o incentivo dado a todas as áreas e setores da organização, a perda do medo de errar e o entendimento que não existe o momento perfeito, pois qualquer instante é o ideal para inovar e ser tornar referência no mercado de consumidor.

Gostou dessas informações? Então veja outros posts seguindo-nos no Facebook, Instagram e Linkedin!

Compartilhe:
escrito por
Cesta Nobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O papel do RH na pandemia do coronavírus

Baixe o Ebook Não, obrigado