?>
Gestão de Negócios

5 métricas para se acompanhar na empresa

Tempo de leitura estimado: 5 min.

Quando falamos de empreendimento, sabemos que uma das necessidades é o crescimento saudável. Ter métricas para acompanhar na empresa é um dos principais meios que gestores possuem para fiscalizar o andamento de um negócio e possibilitar essa expansão.

O uso de indicadores de performance permite que a gestão tenha uma visão ampla sobre os resultados de todas as iniciativas realizadas. A partir dessas informações, é possível tomar melhores decisões e articular estratégias mais elaboradas.

Neste texto, separamos as 5 métricas para acompanhar na empresa que fazem a diferença no planejamento e no trabalho da gestão. Confira!

1. Retorno sobre investimento

ROI é a sigla para Retorno sobre Investimento, uma das métricas mais acompanhadas em organizações. Isso porque ela aborda diretamente as finanças da empresa que são empenhadas em uma iniciativa particular, como uma ação de marketing, por exemplo.

Para calcular o ROI, basta fazer o cálculo:

  • ROI= lucro do investimento – custo do investimento / custo do investimento.

 2. Taxa de retenção de clientes

Mais do que entender se sua marca está conseguindo atrair novos clientes, é importante saber o quão efetiva está a retenção deles. Isso porque manter clientes por meio de fidelização acaba sendo mais barato do que precisar alcançar novos.

Se a taxa de retenção é baixa, isso indica a necessidade de mais estratégias de engajamento, fidelização e aumento do ticket médio.

Para calcular:

  • taxa de retenção (%) = ((Clientes no final do período – Novos clientes durante o período) / Clientes no início do período)) x 100.

3. Ranking nos mecanismos de buscas

Atualmente, a presença digital de uma marca pode dizer muito sobre seu sucesso. Por isso, é preciso ficar de olho no ranqueamento dos mecanismos de busca. Se o cliente realizar uma pesquisa, vai encontrar o nome da sua empresa e um site com informações que garantam a conversão?

Para alcançar isso, invista em estratégias de SEO, valorizando conteúdos ricos que atraiam e convertam os visitantes do seu site. O número de visitantes é o índice que você precisa acompanhar para entender a evolução dessa métrica.

4. Ticket médio

Entre as métricas para acompanhar na empresa, o ticket médio não pode ficar de fora. É esse indicador que mostra quanto seu negócio está faturando com cada cliente. Se o ticket médio for baixo, é necessário ter um número maior de compradores para alcançar seus objetivos financeiros.

Porém, se você conseguir criar ações que agreguem produtos e aumentem o ticket médio, as metas serão alcançadas muito mais rápido.

Calcular o ticket médio é simples:

  • ticket médio = receita do período / número de clientes no período.

5. Net Promoter Score (NPS)

A satisfação do cliente sempre deve estar no centro das estratégias de um negócio. Apenas assim é possível converter, fidelizar e fortalecer a imagem da empresa no mercado.

Para saber se seus produtos e serviços estão agradando, use o índice NPS, que mensura, por meio de uma pesquisa de público, o nível de satisfação da sua clientela.

Basta solicitar aos clientes que avaliem a empresa em uma escala de 1 a 10. Com os resultados em mãos, analise:

  • 0 a 6 = clientes detratores;
  • 7 a 8 = clientes neutros;
  • 8 a 10 = clientes promotores;
  • NPS = % clientes promotores – % clientes detratores.

Essas são as principais métricas para acompanhar na empresa. Elas vão garantir que a gestão tenha uma visão panorâmica sobre a eficácia dos processos e consiga implementar melhorias para o crescimento e sucesso do negócio. Entretanto, é fundamental estabelecer objetivos claros para a implementação de cada uma delas.

Se você gostou deste conteúdo, siga a Cesta Nobre no Facebook, Linkedin, Instagram e YouTube para acompanhar outros artigos como este.

Compartilhe:
escrito por
Cesta Nobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Guia dos principais benefícios para oferecer para funcionários

Baixe o Ebook Não, obrigado