?>
Gestão de Pessoas

O que é People Analytics e como utilizar?

Tempo de leitura estimado: 5 min.

A análise de dados passou a orientar a decisão estratégica de empresas em suas mais diversas frentes. Da maneira como se comunicam com o público (com estratégias de marketing orientadas por dados) até a competitividade frente à concorrência, dados são fundamentais para tomadas de decisão. Portanto, por que não aplicar essa análise para entender e gerenciar o recurso mais valioso de uma empresa, o humano?

É partindo desse princípio que funciona o People Analytics. No artigo de hoje, você entenderá do que se trata esse termo, por que e como ele pode revolucionar a forma de administrar os colaboradores de uma empresa.

Ficou curioso? Confira o restante deste artigo e entenda!

O que é People Analytics?

Traduzindo para o português, People Analytics é a atividade de analisar pessoas. Mas a estratégia, quando aplicada aos recursos humanos, não se refere a qualquer tipo de análise. Utilizar o People Analytics na gestão de recursos humanos é utilizar dados para entender o comportamento do time de uma empresa e, a partir deles, tomar decisões estratégicas.

Mas que dados são esses? Simples, são informações importantes para identificar pontos de melhoria nos recursos humanos, como receita por empregado, quantidade de funcionários que deixaram o quadro, índices de satisfação com o ambiente de trabalho, além de dados demográficos. Essas informações serão, futuramente, cruzadas e analisadas. 

O gestor pode obter tudo isso por meio de uma pesquisa interna de satisfação, dos resultados alcançados em determinados projetos da empresa, de um programa de desenvolvimento interno e até mesmo do feedback de clientes.

Afinal, quais os benefícios de utilizar o People Analytics?

O People Analytics é uma ferramenta poderosa para gestão de pessoas. Com ela, a tomada de decisões pelos profissionais fica muito mais assertiva e eficiente. Basta cruzar dados previamente selecionados e identificar padrões que indicam aquilo que merece atenção do gestor de RH.

Segundo dados do Relatório Global de Tendências em Capital Humano, da Deloitte, 71% das companhias tem o People Analytics no topo de suas prioridades. Por que ficar de fora dessa tendência?

Veja boas razões para utilizar o People Analytics em sua empresa.

Decisões do RH com base na certeza, não no achismo

A principal razão para investir, agora, em People Analytics é o fim da tomada de decisão baseada em achismo.

Muitas vezes, é difícil entender o motivo de determinado problema em uma empresa, se é a insatisfação com a política de benefícios ou a desvalorização dos profissionais, por exemplo. Outras vezes, há dificuldade de, até mesmo, saber que esse problema existe.

A análise de dados fornece informações mais precisas sobre o que está acontecendo na empresa e o que os profissionais pensam. Isso evita investir esforços em ações não eficazes em relação aos problemas reais da instituição.

Impacto positivo na satisfação do colaborador

Ao agir com certeza, os profissionais de RH conseguem atingir o cerne das preocupações e problemas relacionados ao capital humano e, com isso, diminuem as insatisfações que o colaborador pode ter.

Esse impacto positivo na satisfação promove um aumento de produtividade, estimula a retenção de talentos e provoca a diminuição do turnover da empresa.

Facilidade de implementação

Implementar o People Analytics na empresa é mais fácil do que você pensa. Com um simples questionário e seu cruzamento com outros dados, é possível saber, por exemplo, por que os colaboradores permanecem na empresa (ou por que eles a deixam) e as razões para que candidatos desistam de processos seletivos.

Possibilidade de operação para todos os orçamentos

Não importa se você trabalha em uma grande ou pequena empresa. Ambas podem se beneficiar dos resultados do People Analytics.

Para os orçamentos maiores, é possível contar com softwares de gestão, que cruzam e analisam os dados para você. Essa é uma boa alternativa para empresas que possuem um número grande de colaboradores.

Para as de baixo orçamento, as boas e velhas planilhas ajudam a analisar com correção os dados levantados.

Alto desempenho do setor de RH

Alcançar metas e entregar resultados fica muito mais fácil com o uso do People Analytics, principalmente quando o time de recursos humanos é reduzido, com muitas tarefas e baixo orçamento para investir em suas atividades.

Isso acontece porque, com o People Analytics, é possível identificar várias demandas em uma única análise, o que aumenta o rendimento dos profissionais de RH.

Como implementar o People Analytics em sua empresa?

Diante de tantas vantagens, você pode imaginar que o People Analytics é uma atividade complexa e de difícil operação. Que nada! Neste passo a passo, você verá como é simples implementar a atividade em sua organização.

1. Defina um objetivo

Antes de partir para a análise, saiba o que você quer mensurar. Qual a performance dos funcionários em determinado período de tempo? Qual treinamento é mais efetivo para os colaboradores? Que perfil de candidato mais dá retorno para a empresa? Esses são alguns dos objetivos que podem ser medidos por meio do People Analytics.

2. Escolha as fontes de dados

Definido o objetivo, escolha a fonte de dados. Caso deseje saber o resultado de um programa de treinamento específico para verificar quais tipos mais tem eficácia, é possível coletar a percepção dos colaboradores por meio de questionários.

3. Analise os resultados.

No exemplo anterior, uma forma de medir a eficácia dos treinamentos é avaliando o desempenho do funcionário em determinada atividade antes e depois da capacitação. Outra maneira é verificar quantos funcionários participaram do programa de treinamento.

É importante que você não se perca entre os dados, já que o excesso deles pode atrapalhar o processo de análise. Portanto, mantenha em mente os objetivos e métricas que determinou em passos anteriores!

O People Analytics é uma ferramenta fantástica para facilitar e otimizar o trabalho do gestor de Recursos Humanos. Seja em sua atividade de contratação, gestão ou aperfeiçoamento do time de colaboradores, contar com a análise de dados torna o trabalho muito mais assertivo.

Esperamos que este artigo ajude você com suas atividades de gestão de pessoas. Ainda quer mais? Aprenda como encarar outros desafios! Confira o artigo que preparamos sobre como fazer o planejamento de benefícios para 2018!

Renato XavierPublicado Por:
Renato Xavier- Diretor de Operações e Marketing

Compartilhe:
escrito por
Renato Xavier
Diretor de Operações e Marketing

5 respostas para “O que é People Analytics e como utilizar?”

  1. Avatar mirian disse:

    Gostei do artigo , muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O papel do RH na pandemia do coronavírus

Baixe o Ebook Não, obrigado