?>
Gestão de Pessoas

Qual o papel do RH na higiene e segurança no trabalho? Entenda aqui

Tempo de leitura estimado: 5 min.

O cuidado com a saúde e integridade dos trabalhadores tem ganhado cada vez mais espaço em organizações públicas e privadas, independentemente do porte. Medidas que asseguram a higiene e segurança no trabalho estão presentes na rotina de trabalho, fazendo com que os colaboradores estejam cientes de medidas de prevenção de acidentes e dos agentes de risco à saúde.

Mas, para que essa conscientização aconteça, os setores precisam interagir e construir uma rede colaborativa, além de organizar eventos que visam a conscientização de boas práticas. Fazer com que isso aconteça é o papel do RH na higiene e segurança do trabalho. Se você quer saber mais sobre como o setor de Recursos Humanos age nessa área, continue a leitura!

O que é segurança do trabalho?

A segurança do trabalho é a forma mais direta de prevenção de acidentes no ambiente ocupacional. A medida ainda é responsável por garantir a saúde e a segurança de todos os colaboradores de uma organização.

A segurança do trabalho é regida por normas e leis previstas em uma portaria do Ministério do Trabalho, a Norma Regulamentadora número 4. As convenções internacionais das Organização Internacional do Trabalho (OIT) também regulamentam o setor.

Segundo a legislação vigente, os profissionais de segurança do trabalho devem estar presentes em empresas públicas e privadas, além de órgãos públicos de administração que contem com colaboradores contratados sob o regime de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

A prevenção de acidentes só é possível com a colaboração de todos os funcionários de uma empresa. Para gerar a conscientização, diversos profissionais são envolvidos em alguns tipos de ações que serão detalhadas adiante. São alguns desses profissionais:

  • médicos do trabalho;
  • enfermeiros;
  • engenheiros;
  • técnicos de segurança no trabalho;
  • analistas de RH.

O que é higiene no trabalho?

Conhecemos a palavra higiene ligada à limpeza, certo? Mas o conceito de higiene no trabalho é um tanto diferente. Essa é uma ciência que preza pela saúde e integridade de qualquer trabalhador. Para isso, é necessário identificar, eliminar ou controlar agentes de riscos de diversas naturezas e substâncias que podem ser prejudiciais à saúde.

Os profissionais responsáveis pela higiene no trabalho precisam identificar e evitar doenças que, muitas vezes, podem ser imperceptíveis aos olhos menos treinados. A exposição a gases, fluidos, poeira, entre outros elementos, podem implicar no aparecimento de alguma enfermidade.

Os riscos ocupacionais podem existir em qualquer tipo de empresa. Por isso é importante a função da higiene no trabalho, que poderá indicar esses agentes e as medidas que devem ser tomadas a fim de evitar danos à saúde e integridade de um colaborador. Saiba quais são os riscos ocupacionais existentes:

  • risco físico — é relacionado aos sentidos humanos, como sons, temperaturas, umidade, vibrações, radiações, ruídos e outros;
  • risco ergonômico — é relacionado ao esforço físico desempenhado pelo trabalhador em sua função — são analisados fatores como esforço físico intenso, postura adequada e a quantidade de peso que é carregada pelo colaborador;
  • risco de acidente — o local é avaliado como agente de risco — é preciso observar se o ambiente é adequado, se há iluminação incorreta, se os equipamentos têm proteção adequada, risco de incêndio, entre outros;
  • risco químico — é preciso analisar se os trabalhadores estão expostos a substâncias químicas, como gases, vapores, neblina, poeiras tóxicas, entre outros compostos químicos;
  • risco biológico — os agentes de risco são micro-organismos que podem afetar a saúde do trabalhador, como bactérias, fungos, vírus, bacilos, entre outros organismos.

Qual o papel do RH na higiene e segurança do trabalho?

Profissionais de RH administram pessoas, portanto, quase todos os processos que envolvem ações humanas precisam ser de conhecimento desse setor. Em empresas pequenas, é normal que o RH esteja envolvido em funções da higiene e segurança no trabalho, já que é comum que se terceirize esse serviço.

É preciso que o setor garanta que a empresa contratada seja de confiança e que desempenhe um serviço com qualidade, o que se reflete na segurança e integridade física e mental dos colaboradores.

Além disso, os profissionais de RH devem, já no momento de recrutamento e seleção, informar aos colaboradores a importância da higiene e segurança no trabalho, bem como a necessidade da utilização correta de equipamentos de segurança e respeito da sinalização das áreas da organização.

É importante que os profissionais do RH se reúnam com os líderes de cada equipe para fornecer informações sobre as prevenções de acidentes e o controle de agentes de risco. Os líderes têm uma melhor interação com seus colaboradores, o que pode fazer com que os funcionários compreendam com mais facilidade a importância desses fatores.

A busca de recursos para disseminar a conscientização da importância desses processos não deve parar por aí. Existem algumas estratégias que podem fazer com que os colaboradores entendam e passem a participar ativamente de projetos e iniciativas que estejam ligadas à higiene e segurança no trabalho. Veja algumas a seguir.

Ginástica laboral

A ginástica laboral consiste em uma sessão de exercícios, realizada antes do início do trabalho, que envolve alongamento e relaxamento. A função dessa atividade é prevenir lesões, principalmente em casos de colaboradores que fazem movimentos repetidos durante suas atividades ou que fiquem na mesma posição por muito tempo.

Palestras

Convidar um funcionário da própria empresa ou alguma outra autoridade para dar uma palestra é uma estratégia interessante para fazer com que os colaboradores estejam informados sobre o tema e conscientes dos riscos que podem estar presentes no ambiente de trabalho.

Cursos

A empresa pode oferecer treinamentos rápidos sobre segurança do trabalho. Dessa forma, os colaboradores poderão aprender como agir em casos de emergência em decorrência de algum acidente. Os primeiros socorros são muito importantes, e ter pessoas preparadas para lidar com essas situações é fundamental.

Jornal interno

Caso a empresa conte com a circulação de um jornal interno, seja impresso ou digital, o ideal é que sempre haja um espaço dedicado aos temas da higiene e segurança no trabalho. Há muitas informações que podem ser compartilhadas no informativo e que ajudam no trabalho de conscientização.

Eventos corporativos

Fazer menção a higiene e segurança no trabalho em eventos corporativos, que geralmente reúnem toda a equipe de colaboradores, pode reforçar as ações já citadas, fazendo com que os trabalhadores conheçam as medidas de segurança e agentes de risco existentes no ambiente.

Percebeu como o papel do RH é importante? Esse setor é o responsável por fazer com que todos os colaboradores saibam da importância da higiene e segurança no trabalho!

A integração entre profissionais da higiene e segurança no trabalho, líderes das equipes e demais colaboradores é organizada pelo RH, que também é responsável por organizar atividades de conscientização sobre prevenção de acidentes e controle de agentes de risco à saúde.

Gostou de conhecer qual é o papel do RH na higiene e na segurança do trabalho? Aproveite a visita e assine nossa newsletter. Você poderá receber nossas atualizações e conteúdos na sua caixa de entrada!

Compartilhe:
escrito por
Renato Xavier
Diretor de Operações e Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O papel do RH na pandemia do coronavírus

Baixe o Ebook Não, obrigado