?>
Educação Executiva

Como elaborar um planejamento de marketing para a empresa?

Tempo de leitura estimado: 5 min.

A partir do momento que uma organização tem um objetivo específico, existe a necessidade de buscar por soluções para que possa alcançá-lo de maneira mais eficaz. Nesse sentido, o planejamento de marketing será um aliado na gestão de negócios para a sua empresa.

Em um mercado tão competitivo, esse plano deve trabalhar em conjunto com as outras estratégias, visando a elaboração de campanhas que, de fato, gerem o engajamento e a satisfação do público, bem como ajudem a alcançar mais resultados.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para você conferir algumas dicas de como implementar essa ação em sua empresa. Boa leitura!

Conheça a sua persona

O primeiro passo para um planejamento de marketing que conseguirá atingir os resultados esperados é o fato de você entender para quem está falando. Por essa razão, existe a necessidade de fazer uma análise de mercado, entender sobre as principais dores de seus clientes, quais são as soluções buscadas e em qual momento ele resolve fechar negócio para que as soluções possam trazer os benefícios pretendidos.

Para isso, é preciso definir a sua persona. Isto é, a representação semi-fictícia de seu cliente ideal. Por meio de uma análise de sua própria cartela e do comportamento que ela tem, a sua equipe conseguirá coletar informações sobre as principais necessidades daquele cliente, de modo que se possa elaborar ações específicas que fazem com que ele entenda que a sua empresa é a mais indicada nesse sentido.

Qual a diferença entre a persona e o público-alvo? Simples! O público é uma representação mais abrangente, enquanto a persona é específica. Confira um exemplo que vai ilustrar esse conceito:

  • público-alvo: mulheres entre 20 e 30 anos que desejam se recolocar no mercado;
  • persona: Maria, 25 anos, recém-formada que participou de um programa de estágio, hoje busca uma vaga em sua área de atuação.

Analise a concorrência

Não é apenas o seu público que deve ser analisado. A concorrência é um fator importante para elaborar o seu planejamento de marketing, especialmente por trazer uma noção sobre os principais pontos positivos e negativos que elas têm junto ao público. A partir desse conhecimento, você terá uma percepção mais efetiva sobre os diferenciais de seu negócio, bem como aqueles pontos que devem ser aperfeiçoados.

Dessa forma, nas suas divulgações e campanhas, o seu time tem a oportunidade de se posicionar no mercado por meio de uma imagem que trará o diferencial da empresa, criando uma vantagem competitiva em relação ao mercado

Ao analisar o que os seus concorrentes têm de ponto positivo e que precisam ser aprimorados em seu negócio, o ideal é adaptar tudo de acordo com a sua realidade. Não é porque determinada organização vende produtos e serviços semelhantes aos seus que a persona é a mesma. Sendo assim, saiba filtrar esse tipo de situação para que as reais necessidades de seu público sejam atendidas.

Saiba quais são os seus objetivos

Quais os principais objetivos de sua empresa para esse plano de marketing? Para essa definição precisa, o primeiro passo é que ele seja realista. De nada adianta implementar em seu planejamento o desejo de triplicar as vendas se esse número não é viável para a atual realidade, concorda?

Além disso, todos os seus colaboradores precisam estar cientes de quais são essas metas, bem como entender sobre como a sua função contribuirá para alcançar esse resultado. Com os profissionais engajados, você terá maiores chances de obter o número pretendido, além de contribuir para melhorar o clima organizacional e aumentar a satisfação daquelas pessoas.

Novamente, a concorrência poderá ser um ponto de análise. Busque avaliar quais são as metas estabelecidas em outras organizações, qual é o tempo previsto para alcançá-la, além de entender o caminho percorrido para chegar até ali.

Desenhe um plano de ação

Depois de todos esses passos serem seguidos, chegou a hora de colocar a mão na massa. Para isso, será necessário definir um plano de ação para que o planejamento possa ser executado. O seu foco será online ou offline? Quais canais investir? Essas e outras perguntas devem contar com respostas claras para estipular ações mais específicas.

Para os casos em que houver investimento online, existe a oportunidade de fazer produção de conteúdo para sites ou blogs, de modo que o seu público encontre você de maneira orgânica — a partir de uma pesquisa nos canais de busca, por exemplo.

Além disso, ao conhecer a sua persona e entender onde ela está, poderá ainda fazer postagens em redes sociais que promovam o engajamento. É preciso ter foco, uma vez que as pessoas não estão presentes em todos esses canais. Também existe a necessidade de adotar um tom de voz.

Há organizações que se permitem uma linguagem mais informal, justamente por seu público ser descolado. Outras, precisam utilizar termos mais técnicos e sem gírias, de modo que se possa gerar reconhecimento para as pessoas que desejam atingir. Também é indicado criar estratégias de automação de marketing, como fluxo de nutrição para acompanhar a jornada de seu lead até a venda.

Em relação ao offline, há a possibilidade de criar materiais gráficos, anunciar em jornais e revistas da região, firmar parcerias com organizações de seu nicho para eventos, além de convidar profissionais especializados do mercado para palestras e convenções em seu próprio negócio.

Crie um cronograma

Como as informações são muitas e existem algumas etapas a serem executadas, é preciso que o seu planejamento de marketing tenha um cronograma bem delimitado. Assim, a sua equipe entenderá quais são os prazos, o que é preciso ser feito em determinada época e quais são as atividades prioridades naquele momento.

Caso a sua empresa tenha times maiores, delimite um cronograma individual, em acompanhamento com o gestor daquela equipe. Dessa forma, cada um entenderá o seu prazo e a sua função para que o plano seja seguido para trazer os resultados esperados.

Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre como fazer um planejamento de marketing. Conforme explicado, é preciso que toda a equipe esteja envolvida nos processos, engajada para cumprir com as ações propostas e motivadas a executarem as atividades propostas. Além de os profissionais se sentirem peças importantes para o crescimento da empresa, eles entenderão como cada um está inserido naquele contexto.

Gostou dessas dicas e deseja receber outros conteúdos como esses? Assine a nossa newsletter e receba diretamente na sua caixa de entrada!

Compartilhe:
escrito por
Cesta Nobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Guia dos principais benefícios para oferecer para funcionários

Baixe o Ebook Não, obrigado