?>
Gestão

4 erros que devem ser evitados no processo de seleção de pessoas!

Tempo de leitura estimado: 5 min.

O processo de seleção de pessoas é o momento em que o RH identifica os melhores talentos que podem compor as equipes da empresa e trazer um bom desempenho. Por isso, é claro que se trata de um desafio que deve ser encarado com as melhores estratégias para resultados satisfatórios.

Evitar erros é o melhor caminho para otimizar o trabalho da equipe de recrutadores e maximizar o tempo e os recursos investidos na seleção. Neste artigo, separamos 4 principais equívocos que seu RH não deve cometer se quer começar a relação entre profissionais e marca empregadora com o pé direito.

1. Contratar apenas pelas habilidades técnicas

Um erro no processo de seleção de pessoas que pode trazer maus resultados para os times é a contratação de profissionais apenas pelas habilidades técnicas que eles apresentam no currículo. Por mais que experiência na área, cursos e certificações sejam importantes, é essencial observar também as competências socioemocionais dos candidatos.

As chamadas soft skills são habilidades comportamentais que contribuem para um bom desempenho, tanto individualmente quanto em grupo. Afinal, pouco adianta trazer um colaborador gabaritado que não se relaciona bem com os outros e não compartilha da cultura interna.

2. Não definir o perfil da vaga corretamente

Muitos recrutadores têm o dobro do trabalho na filtragem de candidatos porque não definem o perfil das vagas corretamente. Divulgar oportunidades muito amplas, sem exigências mínimas ou sem explicar as atividades da função pode trazer muitos currículos totalmente incompatíveis.

Ao mesmo tempo, a falta de detalhamento por vezes afasta os verdadeiros talentos, que, pela falta de informação, não aplicam a candidatura. Na hora das entrevistas, a ausência de um perfil ideal acaba levando a escolhas equivocadas. O melhor é ter uma conversa franca com o gestor e extrair a maior quantidade de dados para traçar um arquétipo para a vaga.

3. Esquecer de dar feedback aos candidatos

Um dos principais papéis do processo de seleção de pessoas é criar boas relações entre a marca empregadora e os profissionais do mercado. A imagem da organização é constantemente prejudicada quando o RH não dá feedback aos participantes do recrutamento.

A prática do feedback aos que não foram selecionados é uma forma de respeito e valorização dos candidatos, que investiram tempo e recursos no processo. Além disso, é uma maneira de ajudar no desenvolvimento de cada um, mostrando no que eles podem melhorar em sua performance. Essa atitude pode fortalecer a cultura da empresa e garantir mais sucesso na atração de talentos.

4. Não fazer uma boa triagem

A triagem de candidatos é outra boa prática que, se não for seguida, pode trazer problemas ao RH durante o recrutamento. Começar o processo de seleção de talentos usando filtros diversos e adequados para a vaga pode afunilar a busca e otimizar o trabalho do time de gestão de pessoas.

É possível usar plataformas de recrutamento como Reachr, Gupy e Kenoby para conseguir usar filtros que aproximem mais a empresa dos candidatos ideais para cada vaga. Apostar em tecnologia para o RH também favorece um gerenciamento mais completo do processo de seleção, garantindo mais eficiência para o setor.

Esses são os 4 principais erros que você deve evitar no processo de seleção de pessoas. Lembre-se que o recrutamento é apenas o primeiro passo da trajetória do profissional na empresa e o sucesso dessa etapa pode garantir uma jornada de alto desempenho e ótimos resultados para a corporação.

Se você quer conferir mais dicas para impulsionar o RH e os talentos da sua organização, curta nossa página no Facebook e acompanhe nossas publicações!

Compartilhe:
escrito por
Cesta Nobre

Uma resposta para “4 erros que devem ser evitados no processo de seleção de pessoas!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O papel do RH na pandemia do coronavírus

Baixe o Ebook Não, obrigado