?>
Educação Executiva

Transformação digital: como acelerar esse processo na empresa?

Tempo de leitura estimado: 5 min.

O conceito de transformação digital tem conquistado cada vez mais espaço no meio corporativo, durante os últimos anos. Geralmente, ele é associado a uma maior adoção de tecnologia, mas, também é entendido como uma nova forma de pensar a experiência dos clientes e planejar modelos de negócios.

Independentemente da abordagem aplicada, a ideia é que essa transformação representa um maior impacto na sociedade e na forma como as empresas se relacionam com ela. De qualquer forma, não se trata de uma tendência para o futuro, pois já é realidade em boa parte das organizações, podendo ser vista como um requisito para a sobrevivência delas.

No entanto, como é possível aplicar a transformação digital, na prática? Neste post, mostramos o que, de fato, significa esse conceito e quais as vantagens de implementá-lo na sua empresa. Confira!

O que é a transformação digital?

A transformação digital pode ser entendida como uma mudança estrutural nas empresas, em que se destaca o uso das tecnologias da informação e de telecomunicações. Diversas ferramentas e soluções são aplicadas para a melhoria dos processos e atividades, com o objetivo de melhorar a performance. A tecnologia deixa de ser uma aliada, para se tornar um elemento-chave ao desenvolvimento do negócio.

Nesse contexto, não deve ser entendida como um simples investimento em mais tecnologia. O fato de uma empresa ter uma maior presença nas redes sociais, por exemplo, não representa realmente uma transformação. Afinal, essa palavra, em seu sentido literal, refere-se a uma mudança significativa de paradigmas, propondo uma ruptura com o modelo antes em vigor.

Assim, podemos dizer que se trata de uma modificação mais profunda nas organizações, que requer não apenas investimentos. A transformação digital demanda uma renovação da estrutura das empresas e, principalmente, na cultura organizacional, uma vez que não adianta mudar o espaço e os processos sem a participação ativa das pessoas que compõem uma organização.

Como é possível aplicar esse conceito na empresa?

Como já dissemos, a transformação digital envolve a aplicação de diversas tecnologias, que propõem uma mudança na orientação da empresa. Ou seja, algumas ferramentas podem representar uma disrupção à forma como o negócio operava anteriormente. No entanto, tudo isso vai depender bastante do setor e do uso que se faz dessas inovações.

De qualquer forma, a seguir listamos as principais tecnologias que estão sendo empregadas e que oferecem grandes possibilidades para negócios de todas as áreas.

Quais as principais tecnologias da atualidade?

Computação em nuvem

Ainda que você não conheça esse termo, é provável que ele já faça parte do seu dia a dia. Afinal, diversas ferramentas comuns, como aplicativos, softwares e pastas virtuais operam na nuvem. Trata-se de um conjunto de tecnologias que permitem o armazenamento de dados em um local externo, como um servidor ou data center.

É uma forma mais barata, rápida e segura de armazenar informações, sem a necessidade de se investir em uma grande infraestrutura, pois a empresa paga apenas pelo espaço usado. A computação em nuvem pode ter diversas aplicações, desde a hospedagem do seu site corporativo, até o uso de softwares e outras ferramentas úteis para o dia a dia de diferentes setores.

 Big data

Big data se refere a diversas tecnologias capazes de reunir uma grande quantidade de dados. Esses dados podem ter as mais diversas funções, como o entendimento do comportamento dos consumidores, por exemplo. Dessa forma, são um grande diferencial para a tomada de decisões nos negócios.

Internet das coisas

A internet das coisas (IoT) representa a conectividade de objetos ao ambiente virtual. Assim, eles podem realizar atividades autônomas. É o caso dos smartwatches — relógios conectados à internet —, que coletam e armazenam dados do usuário, em tempo real. Em uma empresa, esse tipo de tecnologia tem diferentes aplicações, por exemplo, softwares instalados em máquinas e equipamentos que podem torná-los mais eficientes.

Realidade virtual

A tecnologia de realidade virtual é comumente associada aos jogos de computador. No entanto, já é utilizada em outros diversos setores. No caso da construção civil, por exemplo, ela pode reproduzir ambientes em espaços virtuais, permitindo a visualização e a alteração em projetos, de forma mais rápida e inteligente.

Inteligência artificial

O termo é bem conhecido, mas ainda associado a coisas do futuro. Porém, a inteligência artificial já é bastante difundida em muitas áreas. Ela é capaz de processar e analisar dados, de modo mais eficiente, quando agregada a softwares e aplicativos. Uma grande vantagem é que a tecnologia tende a evoluir com o uso, ou seja, cada vez que é executada é capaz de gerar melhores resultados.

Quais os benefícios da transformação digital?

É comum enxergar a tecnologia como um gasto, e não como um investimento. No entanto, a transformação digital é um fator representativo para melhorar a eficiência e agregar valor ao negócio, como um todo. A seguir, listamos as principais vantagens.

Otimização de processos

A primeira vantagem das novas tecnologias é a automatização de inúmeros processos, que antes eram realizados de forma manual, exigindo mais tempo e recursos. Essa otimização contribui para uma maior produtividade da equipe, otimizando ainda a implementação de outras melhorias, uma vez que os esforços podem ser alocados para questões mais estratégicas e menos operacionais.

Maior eficiência

Obviamente, se os processos são otimizados, a empresa ganha em eficiência, pois os colaboradores são capazes de produzir mais e em menos tempo. Os fluxos automatizados também reduzem erros que poderiam comprometer todo o trabalho.

Controle da gestão

Da mesma forma, as ferramentas digitais permitem um maior controle administrativo. Afinal, os gestores conseguem monitorar todas as etapas da operação, em diferentes setores. Dessa forma, conseguem perceber problemas e oportunidades com mais facilidade, baseando suas decisões em dados concretos.

Redução de custos

Se uma empresa é mais eficiente, com menos erros e uma gestão mais estratégica, o resultado de tudo isso é uma redução real nos custos. Além disso, é importante destacar que o gasto com as novas tecnologias está relacionado ao uso, como no caso da computação em nuvem. Ou seja, a transformação digital não representa, necessariamente, um investimento muito maior do que a empresa pode pagar.

Vantagem competitiva

O fato é que a tecnologia é sempre vista como uma vantagem competitiva, uma vez que é um diferencial importante em relação à concorrência. Ora, as empresas focadas em inovação, estão mais propensas a olhar melhor para o mercado e acompanhar todas as tendências. Sem contar que conseguem focar mais na satisfação das necessidades dos clientes, e não em seus problemas internos.

Portanto, a transformação digital é uma realidade da qual as empresas não podem mais escapar. Se o seu negócio ainda não está inclinado a essas mudanças, é hora de rever alguns posicionamentos para alcançar melhores resultados e atender às demandas dos consumidores, e também da sociedade como um todo.

Gostou de saber o que é transformação digital e quer conferir mais posts como esse? Então, assine nossa newsletter e não perca nenhuma de nossas dicas para impulsionar o seu negócio!

Compartilhe:
escrito por
Cesta Nobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O papel do RH na pandemia do coronavírus

Baixe o Ebook Não, obrigado